Esporte

Conte torce para Diego Costa esquecer propostas da China e ficar no Chelsea

10/02/2017 16h33

Londres, 10 fev (EFE).- O italiano Antonio Conte, técnico do Chelsea, disse torcer para que o centroavante Diego Costa ignore as tentadoras propostas do futebol chinês e continue no time londrino, mas reconheceu que será complicado para os clubes evitarem a saída de grandes jogadores do Campeonato Inglês.

Em janeiro, a imprensa britânica especulou uma possível transferência do brasileiro naturalizado espanhol para o Tianjin Quanjian, que o oferecia um contrato de 30 milhões de libras esterlinas (R$ 116 milhões) ao ano.

"Sim, Diego é um jogador muito importante. A situação é clara: ele está contente conosco e quer lutar pelo título do Campeonato Inglês", respondeu Conte, ao ser perguntado no programa 'Premier League Show', da emissora "BBC".

O jogador, que tem contrato com o Chelsea até 2019, está na segunda posição da artilharia do torneio na atual temporada, com 16 gols, um a menos que Romelu Lukaku, do Everton.

"Acredito que sim (Diego Costa ficará por mais algum um tempo). É algo que vejo a cada dia em seu compromisso e em sua atitude. Ele ama este clube", afirmou o técnico, que comanda o Chelsea na liderança do campeonato, com nove pontos de vantagem sobre o vice-líder Tottenham.

Apesar de acreditar que Diego Costa continuará nos 'Blues', Conte disse que é "difícil" que os jogadores resistam o poderio econômico das equipes chinesas e citou o caso do meia Oscar, que deixou o Chelsea no mês passado para assinar pelo Shanghai SIPG por 60 milhões de libras esterlinas (R$ 232 milhões).

"É complicado lidar com este tipo de situação. Pagar 60 milhões de libras pelo Oscar é muito dinheiro, e o mesmo aconteceu com muitos outros jogadores", disse o técnico italiano.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo