Esporte

Atlético-PR encara caçula da Libertadores na última fase antes dos grupos

14/02/2017 17h13

Curitiba, 14 fev (EFE).- O Atlético Paranaense receberá nesta quarta-feira o Deportivo Capiatá, do Paraguai, participante mais jovem desta edição da Taça Libertadores, na partida de ida da terceira e última fase preliminar, que vale vaga no complicado grupo 4, que já tem Flamengo, San Lorenzo e Universidad Católica.

O Furacão vem de classificação suada na etapa anterior, ao passar pelo Millonarios, da Colômbia, nos pênaltis, após vencer por 1 a 0, em casa, e perder pelo mesmo placar em Bogotá. O goleiro campeão olímpico Weverton foi herói na decisão, ao pegar uma cobrança da marca fatal, cobrada pelo zagueiro Pedro Franco.

O Capiatá, por sua vez, já entrou quatro vezes em campo nesta primeira participação na Libertadores. O time, fundado em 2008, superou o Deportivo Táchira, da Venezuela, na primeira fase, e o Universitario, do Peru, na segunda. Como visitante, a equipe está invicta, com uma vitória e um empate.

Para o primeiro confronto desta etapa, o Atlético Paranaense chega com dúvida importante, sobre a presença em campo do experiente meia Carlos Alberto, que ficou fora do treino desta terça-feira na Arena da Baixada, por causa de uma lesão sofrida durante a partida de volta contra o Millonarios.

Caso o camisa 19 não possa entrar em campo entre os escalados como titulares, o substituto escolhido pelo técnico Paulo Autuori deverá ser Felipe Gedoz, que esteve no 11 inicial do jogo de ida da fase anterior, mas acabou perdendo a posição.

A principal novidade do vice-campeão de 2005 deverá ser a presença do zagueiro Thiago Heleno, que enfim teve o nome publicado no BID da CBF e pode entrar em campo. Com isso, Wanderson tem boas chances de ir para o banco de reservas.

O Deportivo Capiatá, por sua vez, é treinado por um velho conhecido do futebol brasileiro, o ex-volante Diego Gavilán, que defendeu Internacional, onde teve mais destaque no país, Grêmio, Flamengo e Portuguesa.

Além disso, o time paraguaio conta com o meia Julio Irrazábal, que passou sem grande sucesso pelo Vasco entre 2010 e 2012, mas em outra posição, a lateral-direita. Hoje, o jogador é camisa 10 do quarto colocado do Torneio Clausura, disputado no segundo semestre do ano passado.

Para o jogo, Gavilán não contará com três titulares, o lateral-esquerdo Cristian Martínez, que está suspenso, e os meias Hugo Lusardi e Blas Irala, que se contundiram na vitória sobre o Universitario, em Lima.

Um dos que deverão estar no 11 inicial é o veterano Carlos Bonet, de 39 anos. O jogador tentará colocar a experiência de ter participado de três Copas do Mundo, em 2002, 2006 e 2010, à disposição do jovem Capiatá.



Prováveis escalações:.



Atlético Paranaense: Weverton; Jonathan, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Otávio, Lucho González, Carlos Alberto (ou Gedoz); Nikão, Pablo e Grafite. Técnico: Paulo Autuori

Deportivo Capiatá: Medina; Noguera, Paredes, Ortigoza e Bonet; González, Ledesma, Díaz e Irrazábal; Pérez e Gamarra. Técnico: Diego Gavilán.

Árbitro: Daniel Fedorczuk, auxiliado pelos compatriotas Mauricio Espinosa e Richard Trinidad.

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo