Esporte

França aprova lei para inibir corrupção no futebol

16/02/2017 17h49

Paris, 16 fev (EFE).- O Senado francês aprovou um pioneiro projeto de lei para reforçar a transparência no futebol profissional através de um maior controle financeiro sobre as operações dos clubes e dos agentes de jogadores.

Segundo informações fornecidas à Agência Efe por fontes ligadas à câmara alta, a norma, que já havia sido aprovada na Assembleia Nacional em janeiro, entrará em vigor com a assinatura do presidente do país, François Hollande, que tem 15 dias para promulgá-la.

A lei para a ética e a regulação do esporte profissional, pioneira na Europa, pretende frear práticas como a evasão fiscal, a lavagem de dinheiro e a manipulação de resultados, assuntos que colocaram no debate público os vazamentos do site "Football Leaks", no ano passado.

Um dos pontos mais inovadores da lei é o controle da atividade dos representantes de futebol que operarem em território francês para que não embolsem comissões duvidosas nas contratações. Outro será a análise das compras de clubes franceses por outras entidades, que deverão mostrar que a origem de seu dinheiro não é ilegítimo. EFE

atc/dr

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo