Esporte

Uruguaios temem levar família aos estádios por problemas de segurança

16/02/2017 18h03

Montevidéu, 16 fev (EFE).- Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira revelou que 88% dos uruguaios dizem não ser possível assistir futebol em família nos estádios, enquanto apenas 9% acreditam na possibilidade e 3% escolheram não responder ao estudo.

O levantamento foi realizado pela empresa Opción Consultores e a resposta dos entrevistados está relacionada aos atuais problemas de segurança do futebol uruguaio, que obrigaram o governo do presidente Tabaré Vázquez a tomar medidas especiais para lidar com a situação.

Na pergunta sobre "quem você acredita que deveria tomar uma atitude para solucionar o problema", 38% das pessoas responsabilizaram os clubes, 35% o Ministério do Interior e a Polícia e 27% a Justiça.

Em dezembro do ano passado, o presidente do Uruguai decretou uma série de medidas para erradicar a violência no esporte, entre elas a instalação de câmeras de segurança no Centenário de Montevidéu, condição essencial para garantir que o estádio receba grandes partidas como o clássico entre Nacional e Peñarol.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo