Esporte

Sevilla tenta classificação após 59 anos contra Leicester em busca de alívio

21/02/2017 12h15

Sevilha, 21 fev (EFE).- Sevilla e Leicester se enfrentarão na quarta-feira, no estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, em confronto marcado pelo sonho dos espanhóis de voltar a disputar as quartas após 59 anos e pela busca de redenção dos ingleses, que fazem péssima campanha nos torneios nacionais após brilharem na temporada anterior.

Os rojiblancos só chegaram às quartas de final na edição de 1957-1958, quando passaram pelo Arhus, da Dinamarca, e foram eliminados pelo Real Madrid. As outras chances foram nas temporadas de 2007-2008 e 2009-2010, mas o clube acabou perdendo nas oitavas.

A nova oportunidade de classificação tem pela frente o atual campeão do Campeonato Inglês, que se tornou irreconhecível e atualmente ocupa a 17ª posição, a primeira fora da zona do rebaixamento.

No entanto, a campanha do Leicester na Liga dos Campeões, até o momento, é totalmente diferente. Com quatro vitórias, um empate e uma derrota, o clube mostrou consistência e avançou como líder do grupo G, à frente do Porto.

De acordo com o técnico do Sevilla, Jorge Sampaoli, seria uma "irresponsabilidade" pensar no clássico do próximo sábado contra o Betis, no campo do eterno rival, tendo o Leicester pela frente no meio da semana.

Sampaoli ficará fora do banco de reservas nesta quarta-feira. O treinador chileno ainda precisa cumprir uma partida de suspensão por ter sido expulso na derrota por 3 a 1 para a Juventus na fase de grupos.

Além do técnico, o Sevilla terá a ausência do zagueiro Gabriel Mercado, suspenso, do lateral-esquerdo Trémoulinas e do meia Pareja, que desfalcam o time por lesões musculares. Sem muito prestígio na equipe, o meia Paulo Henrique Ganso nem foi relacionado para a partida.

Em compensação, o zagueiro Clément Lenglet e o atacante Stevan Jovetic, contratados na última janela de transferências, foram inscritos e devem jogar.

Do outro lado, a equipe treinada pelo italiano Claudio Ranieri vive o pior momento na temporada. Desde o início de 2017, a equipe só venceu duas partidas, ambas pela Copa da Inglaterra, da qual o clube já foi eliminado.

A queda de rendimento pode ser atribuída não apenas à saída do volante N'Golo Kanté para o Chelsea, mas também à má fase de Jamie Vardy, Riyad Mahrez, Wes Morgan, Robert Huth e Danny Drinkwater, que beiraram a perfeição no ano anterior.

A principal dúvida de Ranieri para o duelo é o atacante argelino Islam Slimani, a contratação mais cara da história do clube, que desfalcou o time na derrota por 1 a 0 para o Millwall na Copa da Inglaterra devido a uma lesão e segue em recuperação.

Se Slimani não estiver pronto a tempo da partida, o técnico precisará decidir entre o japonês Shinji Okazaki e o argentino Leonardo Ulloa, que também não enfrentou o Millwall por lesão, para compor o ataque com Vardy.



Prováveis escalações:.

Sevilla: Sergio Rico; Mariano, Rami, Lenglet e Escudero; N'Zonzi, Nasri, Vitolo e Franco Vázquez; Jovetic e Ben Yedder. Técnico: Jorge Sampaoli.

Leicester: Schmeichel; Simpson, Huth, Morgan e Fuchs; Drinkwater, Ndidi, Albrighton e Mahrez; Vardy e Slimani (Okazaki). Técnico: Claudio Ranieri.

Árbitro: Clément Turpin (França), auxiliado pelos compatriotas Cyril Gringore e Nicolas Danos.

Estádio: Ramón Sánchez-Pizjuán.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo