Esporte

Thiago Monteiro vira contra Gastão Elias e avança à 2ª rodada do Rio Open

21/02/2017 19h06

Rio de Janeiro, 20 fev (EFE).- Em uma batalha que durou 2h24min, o brasileiro Thiago Monteiro estreou no Rio Open nesta terça-feira com uma vitória de virada sobre o português Gastão Elias por 2 sets a 1, com parciais de 2-6, 7-6(4) e 6-4, e se classificou para a segunda rodada.

Foi o primeiro triunfo de um representante do Brasil no torneio, válido pela série ATP 500, um dia depois da eliminação de Rogério Dutra Silva diante do noruguês Casper Ruud. Com isso, o cearense de 23 anos avançou para encarar o vencedor do jogo entre o japonês Kei Nishikori, primeiro cabeça de chave, e outro atleta "da casa", Thomaz Bellucci.

O equilíbrio visto no ranking, em que estão separados por uma posição (Thiago é 85º colocado, e Elias, 86º) se refletiu em quadra durante quase todo o confronto, exceção aos primeiros pontos. Com apenas 13 minutos, o número 2 de Portugal já vencia por 4-0. Sem encontrar o tempo da bola, o brasileiro era dominado e o melhor que conseguiu até então foi chegar a 15-30 no quarto game, no serviço do adversário.

Na sequência, o cearense enfim sacou bem e confirmou sem maiores problemas. Entretanto, apesar de ter crescido e dominado alguns pontos, Thiago tinha dificuldades para "matá-los" e foi derrotado por 6-2.

O primeiro game da segunda parcial foi animador para o jogador "da casa", que confirmou de zero. O set seguia saque a saque, mas Monteiro se garantia com facilidade, enquanto Elias enfrentava maiores problemas.

No nono game, depois de ter errado uma bola cruzada, o brasileiro ficou em 0-30 em seu serviço, mas se salvou com bons saques e três erros não forçados do português. Com isso, sem um break-point, a decisão foi no tie-break, em que Thiago levou a melhor por 7 a 4, graças a uma dupla falta e um forehand para fora do atleta europeu.

O jogo voltou a virar no início do set decisivo, e o tenista de Fortaleza teve de salvar três break points no segundo game para evitar sair em desvantagem. Logo em seguida, porém, foi Monteiro quem teve duas chances e não as desperdiçou, fazendo 2-1.

O número 2 do Brasil então serviu e abriu 40-0, para desespero de Elias, que atirou a raquete no chão e começou a discutir com a torcida. A dose de raiva o ajudou a reagir no game e chegar a iguais, mas ele não evitou que o cearense abrisse 3-1.

A partir de então, foi necessário "apenas" conter a ansiedade. Os dois tenistas foram confirmando sem maiores dramas, e Thiago fechou em 6-4 e 2 a 1, colocando-se na segunda rodada do Rio Open pelo segundo ano seguido. Em 2016, quando era número 331 do mundo, bateu na estreia o francês Jo-Wilfried Tsonga, então oitavo colocado do ranking.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo