Esporte

Juve conta com banco de reservas para bater Porto e ficar perto das quartas

22/02/2017 18h41

Porto (Portugal), 22 fev (EFE).- A Juventus, em dia de muita estrela do técnico Massimiliano Allegri, grande atuação de Alex Sandro e gol de Daniel Alves, venceu nesta quarta-feira o Porto por 2 a 0, fora de casa, e ficou muito perto de carimbar passaporte para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

A definição do placar do duelo disputado no Estádio do Dragão passou por dois jogadores que saíram do banco de reservas, primeiro o atacante croata Marco Pjaca, que entrou aos 22 da etapa final e balançou as redes cinco minutos depois.

Em seguida, Daniel Alves, que havia entrado aos 28, precisou de um minuto para anotar o segundo. O gol veio após assistência na medida do lateral-esquerdo Alex Sandro, justamente, ex-jogador do Porto, que teve participação em quase todos os lances de perigo da Juve na partida.

Outro ala canhoto brasileiro teve atuação bem diferente. Alex Telles recebeu cartão amarelo aos 25 do primeiro tempo e, apenas dois minutos depois, cometeu uma segunda falta dura seguida e acabou expulso, fazendo a equipe da casa atuar com um homem a menos por mais de 60 minutos.

Agora, os dois times se reencontrarão no dia 14 de março, no Juventus Stadium. A equipe italiana avançará no tempo normal se perder por um gol de diferença. O Porto precisará devolver o 2 a 0 para forçar prorrogação, ou levar a melhor por 3 a 1, 4 a 2, 5 a 3 e assim por diante, assim como por três gols.

Nas escalações para o duelo de hoje, as principais notícias vieram da Juve, em que o zagueiro Leonardo Bonucci foi vetado, após discussão com o técnico Massimiliano Allegri. Andrea Barzagli e Giorgio Chiellini, que voltaram de lesão, começaram jogando.

O Porto, por sua vez, apostou as fichas no atacante brasileiro Soares, recém-contratado junto ao Vitória de Guimarães e que estreou com a camisa da nova equipe balançando as redes duas vezes no êxito sobre o Sporting por 2 a 1, pelo Campeonato Português.

Após o apito inicial, as duas equipes se mostraram cautelosas, o que deixou o jogo amarrado. Aos 5, Brahimi tentou levar perigo pela primeira vez, em cobrança de falta, mas isolou a bola. A Juve respondeu aos 13, com Alex Sandro, que pegou sobra na entrada da área e soltou um bomba, mas também errando o alvo.

A situação começou a se complicar para o Porto aos 25 minutos, quando Alex Telles recebeu cartão amarelo por falta dura em Cuadrado. Dois minutos depois, o ex-Grêmio repetiu a dose, desta vez acertando Lichtsteiner, acabou sendo expulso pelo árbitro alemão Felix Brych e saiu de campo chorando.

A vantagem numérica fez com que a Juventus crescesse na partida e esboçasse uma pressão. Aos 32, Pjanic bateu e obrigou Casillas a fazer boa defesa em dois tempos. Pouco depois, aos 33, Alex Sandro cruzou da esquerda e encontrou Khedira, que finalizou de cabeça para fora.

A melhor oportunidade veio aos 38 minutos da etapa inicial, quando o lateral-esquerdo brasileiro da Juve serviu Higuaín, que emendou de primeira, da altura da marca do pênalti. O veterano goleiro espanhol do Porto mostrou muito reflexo e fez defesa espetacular.

Na reta final do primeiro tempo, o time de Turim ainda tentou mais uma vez, dessa vez em finalização da entrada da área de Dybala, que acertou a trave esquerda de Casillas.

Depois do intervalo, o panorama foi o mesmo nos instantes iniciais. Aos 2, após cruzamento de Pjanic, Dybala chegou a finalizar para o fundo das redes, mas Mandzukic, que também estava na jogada, foi flagrado em posição irregular pela arbitragem.

O Porto tentou mostrar que estava vivo na partida e, aos 3, após cruzamento da esquerda, Herrera subiu livre, cabeceou, mas acabou errando o alvo, finalizando à direita do gol defendido por Buffon.

A Juve voltou a assustar aos 13, de novo em jogada com participação de Alex Sandro, que cruzou para a área, mas viu a zaga adversária cortar. Khedira pegou a sobra, bateu forte, mas acabou errando o alvo por pouco. Aos 20, Higuaín foi quem tentou, com chute colocado, que passou ao lado da trave esquerda de Casillas.

A pressão surtiu efeito, enfim, aos 27, quando Pjaca, que havia acabado de entrar no lugar de Cuadrado, começou jogada pela direita, passou para Dybala e recebeu de volta após desvio na defesa. O atacante croata emendou de primeira e estufou as redes, abrindo o marcador.

Daniel Alves repetiu pouco depois o roteiro, saindo do banco, para substituir Lichtsteiner e marcar gol. O lateral-direito recebeu cruzamento na medida de Alex Sandro aos 29, matou no peito e bateu de perna esquerda, para ampliar a vantagem dos visitantes.

O placar de 2 a 0 favorável não diminuiu o ímpeto da Juve, tanto que, aos 41 minutos, Pjaca deu passe e achou Khedira na área. O volante alemão se esticou todo para alcançar a bola e deu leve toque, suficiente para tirar Casillas da jogada, mas que acabou sendo forte demais, que o fez errar o alvo por muito pouco.



Ficha técnica:.

Porto: Casillas; Maxi Pereira, Felipe, Marcano e Alex Telles; Danilo, Herrera, Ruben Neves (Corona) e Brahimi (Diogo Jota); André Silva (Layún) e Soares. Técnico: Nuno Espírito Santo.

Juventus: Buffon; Lichtsteiner (Daniel Alves), Barzagli, Chiellini e Alex Sandro; Khedira e Pjanic; Cuadrado (Pjaca), Dybala (Marchisio) e Mandzukic; Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri.

Árbitro: Felix Brych (Alemanha), auxiliado pelos compatriotas Mark Borsch e Stefan Lupp.

Gols: Pjaca e Daniel Alves (Juventus).

Cartões amarelos: Alex Telles, Maxi Pereira, Marcano (Porto); e Lichtsteiner (Juventus).

Cartão vermelho: Alex Telles (Porto).

Estádio do Dragão, no Porto (Portugal).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo