Esporte

"Meu sonho morreu", diz Ranieri após demissão do Leicester

24/02/2017 15h16

Londres, 24 fev (EFE).- O italiano Claudio Ranieri, técnico que comandou o modesto Leicester ao inédito título do Campeonato Inglês, emitiu nesta sexta-feira, 24 horas após ter sido demitido, um comunicado no qual diz que seu sonho "morreu" na quinta-feira.

"Ontem, meu sonho morreu. Depois da euforia da temporada anterior e de sermos coroados campeões, a única coisa que sonhei foi ficar para sempre no Leicester, o clube que amo. Infelizmente, não foi assim", disse o treinador.

O Leicester demitiu Ranieri na quinta-feira, nove meses após a conquista do Campeonato Inglês. O italiano chegou ao clube em julho de 2015 para ocupar o lugar de Nigel Pearson e trouxe o troféu para um time que havia milagrosamente escapado do rebaixamento na temporada anterior.

No entanto, os resultados não corresponderam às expectativas na atual temporada. Embora tenha se classificado com folga na fase de grupos da Liga dos Campeões, e perdido o primeiro jogo das oitavas de final para o Sevilla, a equipe ocupa a 17ª posição do Campeonato Inglês, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento.

"Quero agradecer à minha mulher, Rosanna, e à minha família por todo o apoio durante meu tempo no Leicester. Também agradeço a Paolo e Andrea (integrantes da comissão técnica também demitidos), que me acompanharam nesta viagem incrível, e a Steve Kutner e Franco Granello (seus empresários) por me darem a oportunidade de ser um campeão", afirmou.

"Sobretudo, tenho que agradecer ao Leicester City Football Club. A aventura foi incrível e viverá comigo para sempre. Estou também muito agradecido aos jornalistas e aos veículos de imprensa que estiveram conosco e contaram a história mais bonita que já houve no futebol", acrescentou na nota.

Ranieri também demonstrou carinho em relação aos torcedores do clube inglês, "que abriram o coração desde o primeiro dia".

"Eles me amaram e eu também os amo, ninguém pode tirar o que conseguimos juntos. Espero que pensem nisso e sorriam, como eu sempre farei. Foi uma época de felicidade que nunca esquecerei. Foi um prazer e uma honra ser campeão com todos vocês", disse Ranieri. EFE

jp/vnm

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo