Esporte

"Tenho de melhorar muita coisa no meu jogo", admite Monteiro após eliminação

24/02/2017 23h35

Rio de Janeiro, 24 fev (EFE).- Eliminado nas quartas de final do Rio Open nesta sexta-feira pelo norueguês Casper Ruud, o brasileiro Thiago Monteiro fez uma autocrítica em entrevista coletiva concedida no Jockey Club, sede do torneio, na zona sul da capital fluminense, mas também enalteceu o bom desempenho do adversário.

"Tenho de melhorar muita coisa no meu jogo, principalmente devoluções e algumas chegadas à rede. Ele não é um grande sacador, mas usou muito bem o saque. Apesar de não ser um saque rápido, é um saque chato. Ele usou muito slice, a bola descia um pouco. Tentei entrar mais, chegar mais para trás, mas minhas devoluções não machucavam muito", afirmou Monteiro.

"Eu sabia que seria um jogo difícil. Apesar de ser novo, ele não é inexperiente. Já foi campeão de Challenger no ano passado, já fez final, está subindo bastante no ranking. Então foi mérito dele, mas sempre tenho algo a evoluir", acrescentou.

Até agora, em quatro edições do Rio Open, nenhum brasileiro foi além das quartas de final. Thomaz Bellucci foi até essa fase em 2014, e João Souza, o Feijão, em 2015.

"Pensei um pouco nisso. Não que eu tenha tentado me pressionar nem nada, mas seria um ótimo objetivo a ser alcançado. Infelizmente não consegui hoje. Não só por ser a primeira semi do Brasil, mas seria minha primeira semi de ATP também. Já bati na trave algumas vezes, mas vou ter outras oportunidades e tenho certeza de que este ano vou fazer minha primeira semi e quem sabe uma final", previu o cearense, que disse fazer um balançou positivo da participação do ATP 500 do Rio.

"Foi uma semana boa, assim como em Buenos Aires também. Venho em uma sequência de duas boas semanas, com algumas vitórias, voltando ao ritmo de muitos jogos. Tenho de seguir de cabeça erguida, porque na semana que vem já tenho um outro torneio importante, em São Paulo. Aqui não foi dessa vez, mas vou tentar aprender as lições de hoje e também dos outros jogos", analisou.

Monteiro ainda comemorou ter somado pontos preciosos que provavelmente servirão para que ele dispute os principais torneios da gira de saibro sem precisar encarar o qualifying.

"A princípio eu vou para o Brasil Open, e de São Paulo já vou para os Estados Unidos tentar jogar Indian Wells e Miami. Estou no quali dos dois, com uma pequena chance de entrar. Foi importante somar esses pontos para jogar no saibro europeu, são torneios que eu sempre quis jogar. E tentar garantir uma chave de Roland Garros também é um dos objetivos", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo