Esporte

Thiago Monteiro leva a melhor em duelo brasileiro e vai às quartas no Rio

24/02/2017 00h54

Rio de Janeiro, 23 fev (EFE).- Em jogo entre os dois melhores tenistas do Brasil na atualidade, Thiago Monteiro venceu Thomaz Bellucci nesta quinta-feira por 2 sets a 1, com parciais de 7-6(8), 3-6, e 6-3, e se classificou para as quartas de final do Rio Open, torneio válido pela série ATP 500.

Em partida de muitos erros e que durou 2h17, acabando já durante a madrugada, Thiago levou a melhor e se classificou para enfrentar o norueguês Casper Ruud, de apenas 18 anos. Convidado da organização, a promessa europeia bateu o espanhol Roberto Carballes Baena, proveniente do qualifying, também em três sets, com 6-7(4), 6-4 e 7-6(3).

O começo de jogo entre os atletas da casa na quadra Guga Kuerten, a principal do complexo montado no Jockey Club, foi favorável a Monteiro, que sacou bem e ainda teve um triplo break point logo no segundo game. Bellucci até salvou os dois primeiros, mas no terceiro perdeu o saque.

Depois disso, o paulista entrou na partida e passou a ser mais agressivo até devolver a quebra, o que aconteceu no quinto game, em um erro de backhand de Thiago.

A partir de então, o nervosismo dos dois tenistas foi ficando evidente, e os erros foram aumentando. Ao todo, foram 25 não forçados de Bellucci, e 14 de Monteiro.

A parcial seguiu saque a saque até o tie-break, que também foi de altos e baixos. O cearense abriu 4 a 2, o adversário fez quatro pontos seguidos e foi a 6 a 4. Foram três set points para Thomaz e dois para Thiago, que, após um longo rali, fechou em 10 a 8.

No segundo set, os dois jogadores foram se sentindo um pouco mais à vontade em quadra, embora as falhas não diminuíssem. Após ter aberto 1 a 0, o número 2 do país não fez um bom primeiro game de serviço e teve de salvar break point, mas se salvou, e a igualdade permaneceu até o oitavo, quando o paulista fez 5 a 3. Logo depois, ele sacou bem, venceu por 6-3 e deixou tudo igual.

O atleta de Fortaleza foi mais sólido no princípio da parcial decisiva e, assim como na primeira, abriu 3-0. Bellucci então pediu atendimento do fisioterapeuta devido a dores no tornozelo. Na volta, o mais bem ranqueado do país foi para o tudo ou nada, tentando matar os pontos já na segunda bola, mas a tática não deu certo, e ele perdeu por 6-3, com direito a ace de Thiago no último ponto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo