Esporte

Transexual de 17 anos causa polêmica após derrotar menina

24/02/2017 23h23

Cypress (Texas, EUA), 24 fev (EFE).- Mack Beggs, um jovem transexual de 17 anos, reavivou uma polêmica na luta no estado do Texas ao avançar em um torneio, depois de vencer uma garota no primeiro assalto.

Beggs, que compete com jovens garotas porque a organização que rege o esporte estadual exige que os estudantes lutem contra oponentes do gênero que aparece em seu certificado de nascimento, chegou nesta sexta-feira à luta contra Taylor Latham quase que em forma direta porque, antes, outras duas oponentes se negaram a enfrentá-lo.

Após a vitória sobre Latham na categoria de 110 libras (50 quilos), Beggs aumentou para 53 combates sua invencibilidade, da mesma forma como cresceu a polêmica por causa de sua participação.

Seus críticos advertem que ele não poderia ser permitido a continuar competindo dentro da categoria feminina ao considerar que tem vantagem física.

No final da luta, Beggs apertou a mão de Latham e apontou para as arquibancadas, de onde foi ovacionado por torcedores vestidos com as cores de sua escola, a Euless Trinity.

Imediatamente, seu técnico o levou para a área protegida do acesso da imprensa.

A mãe da Latham disse que não queria que sua filha participasse do combate, porque Beggs recebe tratamento de testosterona como parte de sua mudança de gênero.

"Como mãe protetora, queria que abandonasse (a briga)", declarou Lisa Latham.

"Ela é uma lutadora, não vai se render. Está em seu último ano, e brigou os três últimos anos para chegar aqui. Ia competir até o final, embora eu não compartilhe de sua opinião", acrescentou a mãe, que não vê como "normal" nem "lógico" a presença de Beggs no torneio.

Por enquanto, as autoridades de esporte do estado do Texas não divulgaram sua avaliação sobre o sucedido.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo