Topo

Esporte

Clube e prefeitura chegam a acordo para construção de novo estádio da Roma

25/02/2017 14h13

Roma, 25 fev (EFE).- A Roma e a prefeitura da capital italiana chegaram a um acordo para a construção de um novo estádio para a equipe de futebol na cidade, após semanas de divergências entre representantes do clube e a equipe da prefeita Virginia Raggi.

Depois de vários meses de negociações e do surgimento de polêmicas nos últimos dias, a diretoria 'giallorossa' e a prefeitura se entenderam para que seja erguida a nova casa do time.

"Anunciamos que esta administração chegou a um acordo com a Roma", disse Raggi depois de sair da assembleia romana, às 23h (local, 19h de Brasília).

"Agora, haverá um trabalho em cima de um projeto 2.0, que será novo e de dimensões reduzidas", acrescentou a prefeita, que havia sido hospitalizada pela manhã, participou da reunião à tarde e fechou o acordo à noite.

As remodelações apresentadas no projeto têm a ver com o volume do espaço, reduzido de 1,1 milhão de metros cúbicos para 550 mil metros cúbicos, e com o impacto ambiental do denominado Business Park, que previa a construção de três torres.

A nova casa 'giallorossa' terá 52,5 mil assentos e será erguida na região Tor di Valle, no sudeste da cidade, e a cerca de 20 minutos de carro tanto do centro quanto do aeroporto internacional de Fiumicino.

A Roma terá agora de revisar o projeto para adaptá-lo às novas condições estipuladas para só depois dar início às obras. O clube será o quarto na Itália a ter estádio próprio, após Juventus, Sassuolo e Udinese.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte