Esporte

Clube argentino é invadido por homens armados, e jogadores são assaltados

Da EFE, em Buenos Aires

01/03/2017 16h10

A sede do Defensa y Justicia, da primeira divisão do Campeonato Argentino, foi invadida nesta quarta-feira por quatro homens armados, que chegaram a assaltar diversos jogadores do elenco.

A informação foi confirmada por um dirigente da equipe, sediada na província de Buenos Aires.

"Eram quatro homens armados. Não havia muito o que fazer. Entendemos que eles estavam acompanhando os jogadores na entrada no clube", afirmou Diego Lemme, diretor do Defensa y Justicia, em entrevista à emissora "TyC Sports".

Os bandidos levaram dinheiro, celulares, joias, além da caminhonete do meia Gonzalo Castellani.

Segundo Lemme, os assaltantes fugiram no veículo do jogador. A polícia foi chamada e tomou o depoimento dos integrantes do Defensa y Justicia.

O carro já foi recuperado, de acordo com o dirigente, assim como os pertences de Castellani que estavam no interior da caminhonete.

Ainda de acordo com o relato de Lemme, ninguém ficou ferido durante a ação dos criminosos. O diretor do clube ainda descartou que os envolvidos sejam integrantes de torcida organizada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo