Esporte

Campeonato Russo será retomado com Zenit e CSKA "caçando" o líder Spartak

02/03/2017 17h31

Moscou, 2 mar (EFE).- O Campeonato Russo será retomado nesta sexta-feira, após a pausa de inverno, com mais 13 rodadas pela frente, em que o Spartak Moscou tentará confirmar a liderança, se mantendo a frente, especialmente, de Zenit São Petersburgo e CSKA Moscou, quebrando jejum de 16 anos.

A equipe vermelha e branca, que conta com o atacante Luiz Adriano, ex-Internacional e Milan, com o volante Fernando, ex-Grêmio, e o zagueiro Maurício, ex-Palmeiras, lidera a competição com certa folga, já que tem 40 pontos.

O Zenit aparece logo atrás, com 35, enquanto o CSKA está em terceiro, com 32. Primeiro e segundo colocados, de acordo com o regulamento, irão à Liga dos Campeões da Europa no fim da temporada, enquanto terceiro e quarto, que no momento é o Terek Grozny, com 28 pontos, se garantirão na Liga Europa.

Neste sábado, o Spartak, que é comandado pelo italiano Massimo Carrera, voltará a campo no Russo para enfrentar o Krasnodar, que está em quinto na competição nacional, enquanto vai bem no cenário continental, classificado para as oitavas de final da Liga Europa.

Líder isolado, o time moscovita mostrou fome de título, já que ainda se reforçou com Luiz Adriano, que esteve perto da China, mas acabou permanecendo no Velho Continente, e com o experiente meia Aleksandr Samedov, que estava no Lokomotiv Moscou.

O Zenit, por sua vez, reestreia no Russo neste sábado, visitando o CSKA Moscou. A equipe de São Petersburgo, que conta com os volantes Maurício, ex-Fluminense, e Hernâni, ex-Atlético Paranaense, e o meia Giuliano, ex-Internacional e Grêmio, terá que superar a "ressaca" da eliminação na Liga Europa para o Anderlecht.

O time comandado pelo romeno Mircea Lucescu havia perdido para o adversário na Bélgica por 2 a 0. Na volta, em casa, chegou a fazer 3 a 0, mas acabou caindo da competição por causa de gol sofrido nos acréscimos do segundo tempo.

O CSKA, do lateral-direito Mário Fernandes, ex-Grêmio, e do meia-atacante Vitinho, ex-Botafogo e Internacional, passou pela pausa de inverno em crise, devido a demissão do veterano Leonid Slutsky, campeão nacional em 2013, 2014 e 2016 pelo clube.

O sucessor do experiente treinador é o Viktor Goncharenko, chamado de "Guardiola bielorrusso". O jovem, de 39 anos, vinha comandando o Ufa, modesto time que virou o ano na oitava colocação do campeonato nacional.

A 18ª rodada do Russo será aberta nesta sexta-feira, com o Tom Tomsk, último colocado entre os 16 participantes, recebendo o Rostov, outro representante do país que avançou às oitavas de final da Liga Europa e que ocupa o sétimo posto no nacional.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo