Esporte

Barça vai atrás de 'remontada' em reencontro com Paris Saint-Germain

07/03/2017 15h02

Barcelona/Paris, 7 mar (EFE).- Barcelona e Paris Saint-Germain se reencontrarão nesta quarta-feira no estádio Camp Nou, três semanas depois de uma das melhores exibições de um time na temporada, quando a equipe francesa levou a melhor por 4 a 0 e obteve grande vantagem nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Em 14 de fevereiro, no Parc des Princes, o PSG não tomou conhecimento de Lionel Messi, Neymar e companhia e goleou graças a dois gols do meia argentina Ángel Di María, um do meia alemão Julian Draxler e outro do atacante uruguaio Edinson Cavani.

Agora, o Barça vai em busca da 'remontada', termo em espanhol utilizado no futebol para viradas. A equipe precisa devolver o 4 a 0 para levar a decisão para a prorrogação ou então levar a melhor por cinco gols de diferença, para sair classificado ainda nos 90 minutos regulamentares.

A reversão de uma desvantagem deste tamanho na Liga dos Campeões, até hoje, é algo que nunca aconteceu. Talvez, por isso, o técnico Luis Enrique tenha promovido mudanças no time catalão, adotando esquema tático com linha de três defensores.

Desta forma, o Barça já reagiu no Campeonato Espanhol, com direito a goleadas sobre Sporting de Gijón por 6 a 1 e Celta de Vigo por 5 a 1, e assumiu a liderança da competição, ultrapassando o arquirrival Real Madrid - que, no entanto, ainda tem um jogo a menos.

A escalação para o jogo tem mais dúvidas do que certezas. A princípio, os integrantes do trio MSN, Messi, Luis Suárez e Neymar, o goleiro Marc-André ter Stegen, o zagueiro Gérard Piqué e o volante Sergio Busquets são os únicos com lugar garantido no 11 inicial.

A linha defensiva ainda deverá ter Samuel Umtiti e Javier Mascherano. A frente, os favoritos para atuar são Sergi Roberto, Ivan Rakitic e Jordi Alba. Andrés Iniesta e Rafinha Alcântara correm por fora na luta para começar atuando.

O PSG, depois da exibição de almanaque na França, chega para o duelo na Espanha com algumas dúvidas. A principal é quanto a presença de Di María, que chegou a Espanha apresentando problemas musculares.

A ausência do argentino pode abrir espaço para que Lucas Moura seja escalado desde o apito inicial, formando trio de frente com Draxler e Cavani.

O volante brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta, por sua vez, deverá voltar a dar lugar a Adrien Rabiot, já que ainda não se recuperou plenamente de lesão em uma das panturrilhas.

Desfalque do jogo de ida, o zagueiro Thiago Silva deverá ser escalado ao lado de Marquinhos, depois de superar lesão polêmica na panturrilha esquerda, que precisou ser confirmada pelo PSG, depois de o jornal "L'Équipe" ter publicado que o jogador pediu afastamento da partida por problemas psicológicos.



Prováveis escalações:.

Barcelona: Ter Stegen; Mascherano, Piqué e Umtiti (ou Iniesta); Busquets, Sergi Roberto, Rakitic e Alba; Messi, Suárez e Neymar. Técnico: Luis Enrique.

Paris Saint-Germain: Trapp; Meunier, Marquinhos, Thiago Silva e Kurzawa; Rabiot, Verratti e Matuidi; Di María (ou Lucas Moura), Draxler e Cavani. Técnico: Unai Emery.

Árbitro: Deniz Aytekin (Alemanha), auxiliado pelos compatriotas Guido Kleve e Markus Häcker

Estádio: Camp Nou, em Barcelona (Espanha).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo