Esporte

Sampaoli vê injustiça em eliminação e diz que Sevilla foi melhor nos 2 jogos

14/03/2017 20h36

Leicester (Reino Unido), 14 mar (EFE).- O técnico Jorge Sampaoli considerou nesta terça-feira, depois da derrota para o Leicester por 2 a 0, que o Sevilla foi melhor que o adversário nos dois jogos entre eles, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, e acredita que a equipe espanhola merecia ter passado de fase.

"É fácil rotular a eliminação de fracasso para dar uma manchete. Apesar das dificuldades, a equipe foi superior nos dois jogos. O time se esforçou, e estou orgulhoso", declarou o treinador argentino, visivelmente abatido, na sala de imprensa do King Power Stadium.

Depois de ter vencido por 2 a 1 na ida, na Espanha, a equipe da Andaluzia sofreu dois gols e ainda teve Nasri expulso. O time ainda obteve um pênalti, que poderia tê-lo recolocado na eliminatória, mas N'Zonzi parou no goleiro Schmeichel.

"Mesmo com um homem a menos, conseguimos reacender a eliminatória, mas nos faltou acertar. Houve detalhes que acabaram definindo o jogo. A equipe teve controle contra um adversário que nos esperou muito atrás e teve até três vezes a chance de empatar", comentou Sampaoli.

"A equipe teve a chance de dominar, assim como no jogo de ida. As eventualidades não nos ajudaram: após o chute de Escudero no travessão, aconteceu o gol deles, em pleno domínio nosso", acrescentou.

O treinador argentino evitou apontar culpados e fugiu de perguntas sobre o cartão vermelho recebido pelo meia Samir Nasri. "Foi o jogador que teve a chance de nos dar o jogo. Falar da expulsão de Nasri não me compete, não sei o que aconteceu com ele. O adversário, com muito pouco, encontrou o 2 a 0, e isso pode tê-lo afetado", considerou.

Outro que poderia ter recebido o rótulo de vilão é o atacante Steven N'Zonzi, que desperdiçou o pênalti. Na primeira partida, em Sevilha, Ángel Correa já havia errado uma penalidade. Sampaoli preferiu dar o mérito a Schmeichel.

"Nossos cobradores infelizmente não estavam em campo e por isso a cobrança coube a Steven. Infelizmente, o goleiro deles foi decisivo. Tentamos até o fim e comandamos as ações, mas de nada adiantou", encerrou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo