Esporte

Schmeichel volta a pegar pênalti, Leicester elimina Sevilla e vai às quartas

14/03/2017 18h49

Leicester (Inglaterra), 14 mar (EFE).- O Leicester reverteu a desvantagem de ter perdido há três semanas o jogo de ida por 2 a 1 na Espanha e se classificou para as quartas de final da Liga dos Campeões nesta terça-feira ao vencer o Sevilla por 2 a 0 no King Power Stadium.

Embora o coletivo sobressaia ao individual nos 'Foxes' desde o histórico e inédito título do Campeonato Inglês na temporada passada, o time da casa teve um herói na eliminatória diante do atual tricampeão da Liga Europa, o goleiro Kasper Schmeichel.

O dinamarquês havia pegado um pênalti batido por Correa no jogo disputado no estádio Ramón Sánchez Pizjuan e, desta vez, parou uma cobrança feita por N'Zonzi, quando o placar já era de 2 a 0. Com isso, ele fez valer os gols marcados por Morgan e Albrighton.

A classificação consolida uma reação do Leicester na temporada. O time chegou a entrar na zona de rebaixamento do Campeonato Ingles, e o técnico Claudio Ranieri, melhor do mundo segundo a Fifa na última temporada, acabou demitido. Agora, com o terceiro triunfo seguido sob o comando de Craig Shakespeare, os 'Foxes' avançaram para as quartas da 'Champions' logo na primeira participação e esperam o sorteio de sexta-feira para conhecer o próximo adversário.

O Leicester foi o mesmo das vitórias recentes, com uma escalação muito similar à que foi campeã inglesa, exceto pela entrada de Wilfried Ndidi ocupando o lugar que era do volante francês N'Golo Kanté, que agora defende o Chelsea.

No Sevilla, Jorge Sampaoli apostou em no esquema 3-4-3, o que fez com que o lateral-direito Mariano fosse sacado e ficasse no banco. Já o meia Paulo Henrique Ganso, que vem sendo pouco aproveitado, sequer viajou à Inglaterra.

A equipe da Andaluzia teve tudo para abrir o placar logo aos 3 minutos de bola rolando, mas o goleiro Kasper Schmeichel, filho do lendário Peter Schmeichel, impediu. Nasri saiu cara a cara e chutou forte, mas o camisa 1 interveio com grande defesa.

O Leicester pressionava a saída de bola do adversário, que, entretanto, permanecia mais tempo no ataque e criava mais. Aos 16, Vitolo puxou contra-ataque e sofreu falta de Ndidi. Rami cobrou e isolou.

Sem finalizar, os donos da casa incomodavam pouco. Aos 19, Simpson levantou aberto da direita, e o goleiro Rico saiu mal, mas ninguém dos 'Foxes' apareceu para aproveitar a falha. Em resposta imediata, no contragolpe, Nasri preparou e Sarabia bateu para fora.

A marca registrada do Leicester, inclusive na conquista do título inglês, é a de atacar pouco e ser eficiente, e isso foi visto aos 27 minutos. Vardy acelerou e foi derrubado com falta por Iborra. Mahrez cruzou na cobrança, Morgan ganhou pelo alto e, de cabeça, fez 1 a 0.

A tentativa de reação foi praticamente instantânea, e o Sevilla teve três chances em seguida, dos 28 aos 31 minutos. Vitolo e Ben Yedder tiveram seus chutes desviados na zaga, enquanto Mercado cruzou fechado, a bola ia tomando o caminho da rede, e Schmeichel tirou como deu.

A primeira boa descida do time anfitrião após o gol aconteceu apenas aos 37, quando Vardy recolhou perto da área, depois de sobra da defesa, e rolou para Drinkwater. O volante chegou batendo e errou por muito. Ainda antes do intervalo, aos 44, o Leicester teve falta parecida com a do lance do primeiro gol, mas desta vez Fuchs carimbrou a barreira.

Sampaoli então fez duas mudanças no intervalo, abrindo mão do esquema com três zagueiros. Mariano entrou em lugar de Mercado, e Jovetic substituiu Sarabia. Parecia que daria certo, já que logo aos 7 minutos a equipe andaluz carimbou o travessão, em chute de muito longe de Escudero. No rebote, Ben Yedder pegou mal e mandou à direita do alvo.

Novamente o Leicester mostrou-se mais eficiente e ampliou em seguida, aos nove. Mahrez recolheu na ponta direita e cruzou. Rami afastou apenas parcialmente e deu um presente para Albrighton, que dominou e finalizou rasteiro no canto esquerdo, fazendo 2 a 0.

Em um primeiro momento, o Sevilla sentiu o baque, e os 'Foxes' foram em busca do chamado "golpe de misericórdia". Aos 21 minutos, Mahrez cruzou, Rico rebateu e, de primeira, Vardy chutou para fora.

Depois disso, a equipe espanhola se soltou e partiu para a pressão, mas foi prejudicada pela infantilidade de Nasri. Aos 26, meia se envolveu em confusão com Vardy em lance de ataque do Sevilla, os dois levaram cartão amarelo e, como já havia sido advertido no primeiro tempo, o francês foi expulso.

Veio então um sopro de esperança para o atual tricampeão da Liga Europa. Aos 34 minutos, Schmeichel cometeu pênalti em Vitolo, mas o goleiro se redimiu ao defender a cobrança mal executada de N'Zonzi. Na Espanha, o dinamarquês já havia interceptado uma penalidade batida por Correa.

O erro representou mais um golpe no ânimo do Sevilla, que ainda assim foi para o tudo ou nada. Na base do chuveirinho, uma última oportunidade ainda foi criada, aos 47 minutos, em lateral para a área, mas Correa arrematou e encobriu o travessão.



Ficha técnica:.

Leicester: Schmeichel; Simpson, Morgan, Huth e Fuchs; Drinkwater, Ndidi, Albrighton e Mahrez (Amartey); Okazaki e Vardy (Slimani). Técnico: Craig Shakespeare.

Sevilla: Sergio Rico; Mercado (Mariano), Pareja e Rami; Sarabia (Jovetic), Iborra, N'Zonzi e Escudero; Vitolo, Nasri e Ben Yedder (Correa). Técnico: Jorge Sampaoli.

Árbitro: Daniele Orsato (Itália), auxiliado pelos compatriotas Riccardo Di Fiore e Lorenzo Manganelli.

Cartões amarelos: Vardy, Schmeichel, Ndidi e Mahrez; Nasri e Vitolo (Sevilla).

Cartão vermelho: Nasri (Sevilla).

Gols: Morgan e Albrighton (Leicester).

Estádio: King Power Stadium, em Leicester (Inglaterra).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo