Esporte

Fifa suspende federação do Mali por "ingerência governamental"

Michael Buholzer/AFP
Imagem: Michael Buholzer/AFP

Da EFE

17/03/2017 07h36

A Fifa anunciou nesta sexta-feira a suspensão com efeito imediato da Federação de Futebol do Mali (Femafoot) "como resposta às ingerências governamentais".

A Fifa acordou a suspensão de todas as atividades do futebol malinês, incluídos os clubes, após a decisão do ministro de Esportes do país, Housseini Amion Guindo, que dissolveu o comitê executivo da FEMAFOOT e nomeou um provisório para que dirija a federação até a escolha de uma nova direção, dentro de 12 meses.

A Fifa assegura que a punição será suspensa uma vez que sejam anuladas as decisões ministeriais e o comitê executivo e o presidente da Femafoot, Boubacar Baba Diarra, recuperem suas atribuições.

Como resultado desta sanção, nenhuma equipe do Mali pode participar de competições internacionais e nenhum membro ou oficial de sua federação poderá se beneficiar de programa algum de desenvolvimento, curso ou treino da Fifa ou da Confederação Africana.

Mali disputa as Eliminatórias da África para a Copa do Mundo de 2018 e ocupa a última colocação de seu grupo. O próximo jogo está marcado para o dia 28 de agosto, contra Marrocos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo