Esporte

Pressionado a vencer, Paraguai recebe Equador pelas Eliminatórias

22/03/2017 20h49

Assunção, 22 mar (EFE).- Fora da Copa do Mundo do Brasil, em 2014, e distante do próximo Mundial, o Paraguai enfrentará o Equador nesta quinta-feira no estádio Defensores del Chaco, e precisa da vitória para não ver suas chances de estar na Rússia no ano que vem ficarem ainda menores.

A 'Albirroja' é apenas a sétima colocada da classificatória da Conmebol, com 15 pontos, a quatro da Argentina, dona do quinto lugar, que leva à repescagem contra o representante da Oceania. Já a 'Tricolor' está na terceira posição, com 20, e precisa do triunfo para se manter entre os quatro melhores sem depender de outros resultados.

Em Assunção, onde acontecerá o jogo desta quinta, a equipe anfitriã obteve até agora duas vitórias, dois empates e ainda foi surpreendentemente goleado pelo Peru por 4 a 1. Para piorar e tornar a pressão ainda maior, o próximo compromisso, na terça-feira, será encarar o Brasil em São Paulo.

Na busca pelo resultado positivo, Francisco Arce prometeu nesta quarta-feira que seus comandados entrarão em campo para "matar ou morrer". O treinador, que como lateral-direito defendeu Grêmio e Palmeiras, destacou que os jogadores vão encarar a partida com "força e garra" e se disse confiante em uma boa exibição.

Arce não poderá contar com o lateral-esquerdo Miguel Samudio e Haedo Valdez, que estão machucados. Júnior Alonso entrará na ala, enquanto a dupla de ataque será formada por Darío Lezcano e Federico Santander.

Santiago Salcedo, artilheiro do Torneio Apertura paraguaio, será opção entre os reservas, assim como o goleiro Gatito Fernández, do Botafogo, e o atacante Ángel Romero, do Corinthians.

No Equador, o argentino naturalizado boliviano Gustavo Quinteros apostará em uma equipe experiente, que vem sendo a base durante toda a classificatória. Figuras bastante conhecidas, como o meia Antonio Valencia e o atacante Enner Valencia, estão confirmados, assim como o volante Jefferson Orejuela, do Fluminense, e o meia-atacante Miller Bolaños, do Grêmio.

Se Arce quer que a seleção mandante vá para cima, Quinteros, por sua vez, prega prudência. "Paraguai, às vezes, joga um bom futebol. Em outras ocasiões, não esteve tão bem, mas precisamos ser prudentes", ponderou.



Prováveis escalações:.

Paraguai: Silva; Moreira, Da Silva, Gómez e Alonso; Cáceres, Rojas, Iturbe e Óscar Romero; Lezcano e Santander. Técnico: Francisco Arce.

Equador: Dreer; Paredes, Mina, Caicedo e Ayoví; Orejuela, Noboa, Antonio Valencia e Bolaños; Enner Valencia e Caicedo. Técnico: Gustavo Quinteros.

Árbitro: José Argote (Venezuela).

Estádio: Defensores del Chaco, em Assunção.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo