Esporte

Brasil vira pela 1ª vez com Tite, vence Uruguai e põe pé na Copa do Mundo

23/03/2017 22h09

Montevidéu, 23 mar (EFE).- A seleção brasileira largou atrás no placar pela primeira vez sob comando do técnico Tite, mas não se intimidou jogando no estádio Centenário, em Montevidéu, e venceu nesta quinta-feira o Uruguai por 4 a 1, com três gols do volante Paulinho, praticamente carimbando o passaporte para ir à Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

A Celeste, vice-líder das Eliminatórias, marcou primeiro com o atacante Edinson Cavani aos 8 minutos do primeiro tempo, cobrando pênalti. Pouco depois, aos 18, Paulinho igualou com uma bomba de fora da área.

O ex-Corinthians ainda foi responsável por colocar os pentacampeões mundiais ns frente, aos 8 da etapa complementar. Aos 29, com grande toque de magia por cobertura, Neymar venceu o goleiro Martín Silva, do Vasco, e balançou a rede.

Nos acréscimos da etapa final, Paulinho mostrou estrela mais uma vez, chegando a um 'hat-trick' em grande estilo, concluindo com o peito para o gol, após cruzamento preciso de Daniel Alves.

Com o resultado de hoje no Centenário, a seleção chegou a sete vitórias consecutivas nas Eliminatórias. Além disso, os comandados por Tite chegaram a 30 pontos, abrindo sete sobre o próprio Uruguai e ultrapassando a marca de 29, que o técnico apontava como necessária para a classificação.

Na próxima rodada, a 14ª, que será realizada na terça-feira, o Brasil vai encarar o Paraguai na Arena Corinthians, em São Paulo. Mais um êxito poderá valer a garantia matemática da vaga na Copa e a liderança do ranking da Fifa pela primeira vez desde julho de 2010.

A Celeste Olímpica, por sua vez, se mantém na segunda posição na tabela, com 23 pontos. Na próxima rodada, os duas vezes campeões mundiais visitarão a seleção peruana, no Estádio Nacional, em Lima.

Hoje, a seleção brasileira teve o atacante Gabriel Jesus, que se recupera de lesão, como desfalque, com relação ao time considerado ideal pelo técnico Tite nos primeiros meses de trabalho. A vaga no comando do setor ofensivo ficou com Roberto Firmino.

O Uruguai, por sua vez, entrou em campo sem o goleiro Fernando Muslera e o atacante Luis Suárez, ambos suspensos, além do lateral-esquerdo Álvaro Pereira, que está contundido. Martín Silva, Diego Rolán e Gastón Silva foram os respectivos substitutos.

Com a bola rolando, os primeiros instantes foram de posse de bola brasileira e pressão alta da Celeste. Aos 4 minutos, Neymar levou a seleção ao ataque pela primeira vez, em grande jogada individual. O craque serviu Coutinho na esquerda, que, por sua vez, bateu para o meio da área. Firmino se esticou todo, mas não alcançou a bola.

O Uruguai não se intimidou com o lance e partiu para cima. Aos 7, Marcelo vacilou ao tentar fazer recuo com o peito, mas entregou a bola no pé de Cavani. O centroavante foi derrubado por Alisson e, em seguida, converteu pênalti marcado pelo árbitro argentino Patrício Loustau.

A resposta do Brasil veio aos 18 minutos, em um lance de muita felicidade do volante Paulinho. Neymar recebeu na esquerda, partiu para o meio e serviu o camisa 15, que arriscou, soltando uma bomba de perna esquerda que atingiu o ângulo do gol defendido por Martín Silva.

Aos 32, Daniel Alves pegou sobra no lado direito do setor ofensivo e cruzou para a área, procurando Neymar, que estava em posição irregular. Casemiro se antecipou, matou no peito e bateu para boa defesa do goleiro uruguaio, que salvou com a perna esquerda.

Nos instantes finais do primeiro tempo, as duas seleções até trocaram golpes, com Vecino, tentando de cabeça, mas errando o gol, e, em seguida, o camisa 10 da seleção tentou, em arrancada pelo lado esquerdo, mas parou em saída precisa de Martín Silva.

Após o intervalo, o Brasil começou melhor. Aos 5, Neymar cobrou falta com categoria, mas parou na defesa do goleiro rival. Apenas três minutos depois, Firmino recebeu na entrada da área, girou para cima da marcação e bateu cruzado, parando também no camisa 23 do Uruguai. No rebote, Paulinho estufou as redes e virou o placar.

Em desvantagem, os donos da casa começaram a fazer Alisson trabalhar com mais regularidade. Aos 16, Cavani cobrou falta e o goleiro da Roma fez boa defesa. Em seguida, após cobrança de escanteio, Stuani - que havia acabado de substituir Rolán - testou, mas o camisa 1 pegou com tranquilidade.

Em um lance de craque, Neymar fez o terceiro do Brasil aos 29 do segundo tempo. Após chutão de Miranda na zaga, o atacante ganhou disputa com Coates, que desabou no chão, e tocou por cobertura na saída de Martín Silva.

Com o rival sem forças para reagir, Tite aproveitou para fazer mudanças, poupando o pendurado Renato Augusto e dando oportunidades, entre outros, para Diego Souza. Aos 46, uma cara bastante conhecida de Tite - e agora dos uruguaios - balançou as redes. Mais uma vez, era Paulinho, que concluiu de peito após cruzamento de Daniel Alves.



Ficha técnica:.

Uruguai: Martín Silva; Maxi Pereira, Godín, Coates e Gastón Silva; Arévalo Rios, Sánchez (Hernández), Vecino e Cristian Rodríguez, Rolán (Stuani) e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto (Fernandinho), Philippe Coutinho (Willian) e Neymar; Roberto Firmino (Diego Souza). Técnico: Tite.

Árbitro: Patrício Loustau (Argentina), auxiliado pelos compatriotas Gustavo Rossi e Diego Bonfa.

Gols: Cavani (Uruguai); Paulinho (3) e Neymar (Brasil).

Cartões amarelos: Maxi Pereira, Godín, Coates (Uruguai); Casemiro Marcelo e Daniel Alves (Brasil).

Estádio: Centenário, em Montevidéu (Uruguai).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo