Esporte

México defende ponta do hexagonal das Eliminatórias contra Trinidad e Tobago

27/03/2017 12h13

Redação Central, 27 mar (EFE).- Novo líder do hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf para a Copa do Mundo de 2018, o México defenderá a posição nesta terça-feira contra Trinidad e Tobago, seleção que tenta surpreender e conquistar uma vaga para a Rússia.

Comandados pelo colombiano Juan Carlos Osorio, ex-São Paulo, os mexicanos venceram a Costa Rica na última sexta-feira e subiram para o primeiro lugar do hexagonal, com sete pontos, um a mais que os rivais e ex-líderes da quinta etapa do torneio.

Mesmo com cinco ausências, entre elas a de Andrés Guardado, Giovanni dos Santos e Javier Hernández, o México venceu a Costa Rica por 2 a 0 com tranquilidade. Osorio manterá a aposta no time e tentará sair na frente do placar na partida que será disputada no Hasely Crawford Stadium, em Port of Spain.

Trinidad e Tobago também vem empolgada para a partida. Depois de duas derrotas nos dois primeiros jogos, a equipe do técnico Dennis Lawrence venceu o Panamá na última rodada, por 1 a 0, e precisa de novo triunfo para ter chances de classificação para a próxima Copa.

Já a Costa Rica torcerá por um tropeço do México e terá pela frente Honduras, fora de casa, no Estádio Francisco Morazán. A partida será uma oportunidade de recuperação para as duas seleções, mas especialmente para os donos da casa, que ocupam a lanterna do hexagonal final após a goleada para os Estados Unidos, por 6 a 0.

O técnico de Honduras, Jorge Luis Pinto, e vários jogadores pediram apoio à torcida amanhã. O treinador também disse que todos sentiram "vergonha" com o resultado e que fará mudanças para a partida decisiva para as pretensões da equipe nas Eliminatórias.

Pinto tentará usar a vantagem de conhecer o elenco da Costa Rica, seleção que comandou e que surpreendeu na Copa do Mundo do Brasil.

A dura derrota contra os americanos também deixa os hondurenhos com calculadoras em mãos. Além de vencer o agora vice-líder das Eliminatórias, a equipe precisa que o México vença Trinidad e Tobado e que os próprios EUA façam o mesmo com o Panamá para sonhar com a vaga que dá direito à repescagem para chegar ao Mundial.

A seleção da Costa Rica chegará hoje a San Pedro Sula e à noite conhecerá o estádio que receberá a partida. O técnico da equipe, Óscar Ramírez, disse que espera uma recuperação após a derrota da última rodada para o México.

Os EUA, quarto colocados das Eliminatórias com três pontos, viajam para enfrentar o Panamá, que ocupa o terceiro lugar e tem um ponto de vantagem sobre os rivais. A partida é decisiva porque pode decidir quem avança diretamente à Copa do Mundo.

Os americanos, mais uma vez comandados por Bruce Arena após a demissão de Jürgen Klinsmann, vêm embalados para o jogo, que será disputado no Estádio Rommel Fernández, na Cidade do Panamá, depois da goleada contra Honduras, e querem emendar uma segunda vitória consecutiva.

Já o Panamá chega para a partida depois de perder para Trininad e Tobago.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo