Esporte

Sob nova direção, Milan marca aos 51 e empata com Inter em "dérbi chinês"

15/04/2017 10h53

Roma, 15 abr (EFE).- Em seu primeiro jogo sob a direção de seu novo dono, um grupo de investidores chineses que o comprou do bilionário Silvio Berlusconi, o Milan arrancou neste sábado um empate em 2 a 2 com sabor de vitória em um eletrizante clássico com a Inter de Milão pela 32ª rodada do Campeonato Italiano, com direito a gol de Zapata aos 51 minutos do segundo tempo validado com auxílio da tecnologia.

Chamado na Itália de "dérbi chinês" não só pela nacionalidade dos novos patrões 'rossoneri' como pelo horário em que foi disputado - de manhã, para ser adaptado ao fuso de Pequim -, o duelo de hoje foi eletrizante, especialmente na reta final, quando o Milan conseguiu igualar o marcador após estar perdendo por 2 a 0.

Os rubro-negros, do técnico Vincenzo Montella, começaram o jogo pressionando no ataque e davam a impressão de que dariam uma vitória de boas vindas aos novos patrões. Nos primeiros 15 minutos, desperdiçaram boas oportunidades, especialmente com Deulofeu. E pagaram o preço antes do intervalo com a velha máxima de que "quem não faz, leva".

Aos 35 minutos, Candreva abriu o placar após ser lançado pela direita, invadir a área e aproveitar indecisão de De Sciglio, que não cortou a bola que quicava à sua frente. O meia, então, a desviou do goleiro Donnarumma com chute cruzado colocado.

Oito minutos depois, a vantagem da Inter autmentou com Icardi. O argentino tabelou com Perisic, que, pela esquerda, cruzou rasteiro para o atacante escorar para o fundo da rede.

A dinâmica da partida mudou no segundo tempo. Com placar favorável, a Inter começou melhor e parecia estar próxima de ampliar. Mas o Milan que passou a crescer de produção e conseguiu descontar com Romagnoli aos 38 minutos. Suso fez bela jogada pela direita e cruzou para o zagueiro, que se antecipou ao brasileiro Miranda e bateu de sola para marcar.

Já melhor na partida, o Milan se lançou de vez ao ataque em busca do empate. Quando os jogadores da Inter reclamavam do tempo de acréscimo e pediam o fim do jogo antes da cobrança de um escanteio, veio exatamente após a cobrança o gol salvador 'rossonero'. Bacca desviou de cabeça em direção à segunda trave, e Zapata se esticou para acertar a bola de canela. Ela bateu no travessão, quicou dentro do gol e voltou para a área, mas o uso da tecnologia na linha validou o lance, e os donos chineses foram vistos comemorando muito o empate nas tribunas do estádio San Siro.

Com o resultado, o Milan chegou a 58 pontos e pode terminar a rodada em quarto lugar, dependendo dos resultados de Lazio (58) e Atalanta (57) na rodada. Já a Inter foi a 56 e terminará o fim de semana em sétimo, fora da zona de classificação para a Liga Europa. EFE

id/rd

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo