Esporte

Com preocupações distintas, Atlético-PR e Fla se enfrentam em Curitiba

25/04/2017 14h36

Curitiba, 25 abr (EFE).- Em terceiro lugar no grupo 4 da Taça Libertadores, o Atlético-PR precisa de uma vitória sobre o Flamengo nesta quarta-feira na Arena da Baixada para não ver a ameaça de eliminação ficar ainda maior, mas terá pela frente um adversário que irá em busca do resultado positivo para ficar mais próximo de uma vaga nas oitavas de final.

O Fla chega a Curitiba como líder da chave, com seis pontos, dois a mais que o adversário. Entre os dois, aparece a Universidad Católica, que tem cinco, enquanto o San Lorenzo segura a lanterna, com apenas um.

Os dois representantes brasileiros se enfrentaram há duas semanas, no Maracanã, e a equipe carioca venceu por 2 a 1. Ambas entraram em campo no último fim de semana e se classificaram para a final de seus campeonatos estaduais. O Flamengo bateu o Botafogo e enfrentará o Fluminense no Carioca, enquanto o Atlético superou o Londrina nos pênaltis para medir forças com o Coritiba pelo Paranaense.

O Furacão terá uma série de desfalques para o jogo desta quarta, a começar pela lateral direita, posição em que Paulo Autuori terá de improvisar o zagueiro Zé Ivaldo porque Jonathan está lesionado. O mesmo acontece com o meia Carlos Alberto e o atacante Pablo. Além disso, o volante Matheus Rossetto é dúvida e poderá dar lugar a Deivid.

Por outro lado, o também volante Otávio foi liberado pelo departamento médico e estará em campo. Já o meia-atacante Felipe Gedoz estará à disposição, mas Autuori disse que o deixará entre os reservas.

O treinador fez elogios ao Flamengo, dizendo se tratar de um elenco muito qualificado, mas tirou a pressão dos ombros dos atleticanos afirmando que o duelo não se trata de uma decisão.

"Decisivo, não, é determinante em relação à classificação. Não é decisivo porque o número de pontos em um grupo tão equilibrado como este não deverá ser muito alto. Mas, sim, acredito que será determinante. Existem momentos fundamentais em todas as competições e acredito que este, para ambas as equipes, é um momento chave", analisou Autuori.

Os números do Furacão em casa dão esperança para a torcida. O time não perde na Arena da Baixada há sete meses, com 13 vitórias e sete empates nos últimos 20 jogos.

No Fla, a principal estrela da companhia, o meia Diego, será desfalque por uma contusão no joelho, sofrida justamente na partida da terceira rodada. O atacante Berrío cumprirá suspensão, enquanto o zagueiro Donatti, com dores musculares, é dúvida e ainda será examinado para saber se poderá estar em campo. Caso não conte com o argentino, Zé Ricardo voltará a colocar Rafael Vaz entre os titulares.



Prováveis escalações:.

Atlético-PR: Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto (ou Deivid) e Lucho González; Nikão, Douglas Coutinho e Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori.

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Donatti (ou Rafael Vaz), Réver e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Rômulo; Gabriel, Everton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Árbitro: José Argote (Venezuela), auxiliado pelos compatriotas Luis Murillo e Jorge Urrego.

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo