Esporte

Galo revê Libertad e precisa dar o troco para não se complicar no grupo 6

25/04/2017 11h35

Belo Horizonte, 25 abr (EFE).- Derrotado pelo Libertad em Assunção na semana passada, o Atlético-MG enfrentará a equipe paraguaia novamente nesta quarta-feira, desta vez na Arena Independência, e precisa da vitória para se manter na zona de classificação do grupo 6 da Taça Libertadores.

Os dois times têm quatro pontos cada e estão atrás do Godoy Cruz, que tem sete. Por ter um saldo de gols melhor, o Galo aparece na segunda posição, mas cairá para terceiro em caso de derrota em Belo Horizonte.

A equipe dirigida por Roger Machado vinha em baixa após um empate com a URT, em jogo de ida pelas semifinais do Campeonato Mineiro, e depois foi derrotado no Paraguai por 1 a 0. O confronto foi marcado pela chuva e pelo estado ruim do gramado, o que, segundo os próprios atleticanos, os impediram de colocar em prática todo o seu potencial técnico.

"Será um jogo diferente. A gente tinha se preparado para fazer um grande jogo no Paraguai, mas infelizmente foram dois dias chuvosos, que nos dificultaram bastante dentro de campo. Por ter uma equipe mais leve, tivemos de fazer muita jogada aérea. Aquela 'raiva passageira' do primeiro jogo está guardada para pressionar desde o começo", declarou o lateral Marcos Rocha.

Entretanto, o campeão continental de 2013 já se recuperou no estadual e se classificou para a final ao bater o time de Patos de Minas por 3 a 0 na volta, com uma atuação mais convincente que as anteriores.

Roger deve escalar o Atlético com duas novidades em relação ao jogo de domingo. Otero voltará ao meio, já que Marlone não está inscrito na Libertadores, e Fred, que cumpre suspensão no estadual, reassumirá a titularidade em lugar de Rafael Moura. A boa notícia é o retorno do goleiro Victor, que fará sua estreia nesta edição do torneio internacional.

O adversário, dirigido pelo espanhol Fernando Rubero, chegou a Belo Horizonte com 20 jogadores na delegação. O treinador provavelmente repetirá os titulares do triunfo em casa.

A equipe entrará descansada em campo, já que o duelo com o Deportivo Capiatá, pelo Torneio Apertura paraguaio, foi adiado. Mesmo assim, o Libertad lidera a competição, com 27 pontos, quatro a mais que o segundo colocado, o Olimpia, derrotado pelo Galo na final continental de quatro anos atrás.

"Vamos para o jogo com a expectativa de ter uma grande exibição. Vai ser o quarto jogo, ainda não decisivo, mas muito importante para o que pretendemos. Será muito importante somar. Tomara que seja um jogo parecido e que possamos vencer novamente", declarou a estrela do 'Repollero', o experiente atacante Santiago Salcedo.



Prováveis escalações:.

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca e Elias; Maicosuel, Robinho e Otero; Fred. Técnico: Roger Machado.

Libertad: Muñoz; Candia, Luis Cardozo, Alcaraz e Benítez; Ramírez, Medina, Ángel Cardozo e Bareiro; Salcedo e Giménez. Técnico: Fernando Jubero.

Árbitro: Wilson Lamouroux (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Eduardo Díaz e John Alexander León.

Estádio: Arena Independência, em Belo Horizonte.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo