Esporte

Santos defende ponta do grupo 2 da Libertadores contra Santa Fé, no Pacaembu

03/05/2017 14h48

Santos (São Paulo), 3 mai (EFE).- O Santos defenderá nesta quinta-feira a liderança do grupo 2 da Taça Libertadores, jogando em no Pacaembu, contra o Independiente Santa Fé, da Colômbia, duas semanas depois de as equipes protagonizarem empate sem gols em Bogotá.

O Peixe marcou cinco pontos até o momento na competição, com dois empates e uma vitória, justamente na única vez em que atuou como mandante, mas na Vila Belmiro. Na ocasião, a equipe paulista superou o The Strongest por 2 a 0, com gols marcados por Ricardo Oliveira e Renato.

A decisão de levar o duelo com a equipe colombiana para o Pacaembu foi do próprio Alvinegro Praiano, que tem chance assim de conseguir maior renda, atraindo a numerosa torcida existente na capital do estado de São Paulo. A expectativa é de mais de 30 mil presentes no estádio.

Para o jogo contra o Santa Fé, o técnico Dorival Júnior deverá manter a mesma escalação inicial que levou o Santos a vitória sobre o Paysandu por 2 a 0, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Vila Belmiro.

A principal novidade na equipe é o lateral-direito reserva Matheus Ribeiro, que ganhará oportunidade de ser titular pela primeira vez na Libertadores, mas atuando pelo lado canhoto da defesa, pois Zeca está lesionado e Jean Mota está suspenso.

Outra opção para o setor seria o atacante colombiano Jonathan Copete, que atuou improvisado contra o Paysandu, por poucos minutos, e chegou a balançar as redes. O jogador, no entanto, deverá ser opção para o decorrer do duelo.

Embora esteja em alta, na liderança do grupo 2, o Santos chega abalado para o jogo, devido a morte trágica dos pais do meia Rafael Longuine, reserva da equipe, que morreram nesta terça-feira, em acidente de carro, no Paraná. O atleta foi liberado e não está relacionado para a partida.

O Santa Fé, por sua vez, está na segunda posição da chave, com quatro pontos, levando a melhor sobre o The Strongest no saldo de gols por 1 a 0. Se o Peixe venceu o jogo que fez em casa até agora, o time colombiano perdeu na única vez em que foi visitante, justamente, para a equipe boliviana por 2 a 0.

Para a partida no Pacaembu, o técnico argentino Gustavo Costas não contará com o zagueiro William Tesillo e o atacante Humberto Osorio, que já tinham perdido o encontro com o Santos em Bogotá, e voltam a ser desfalques por causa de lesões.

O comandante do Santa Fé já anunciou dez dos 11 titulares que escalará na partida. Pelo menos nove titulares no empate com o Peixe em 0 a 0, atuarão. O volante Sebastián Salazar substituirá Yeison Gordillo, que está suspenso. No setor ofensivo, o meia Johan Arango e o atacante Damir Ceter disputam vaga na equipe.



Prováveis escalações:.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vítor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

Independente Santa Fé: Castellanos; Roa, Moya, Urrego e Mosquera; Perlaza, Salazar, Balanta e Jonathan Gómez; Arango (ou Ceter) e Stracqualursi. Técnico: Gustavo Costas.

Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Mauricio Espinosa e Nicolás Tarán.

Estádio: Pacaembu, em São Paulo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo