Esporte

Em jogo polêmico, Dortmund bate Hoffenheim e assume 3º lugar do Alemão

06/05/2017 15h41

Berlim, 6 mai (EFE).- O Borussia Dortmund bateu neste sábado o Hoffenheim por 2 a 1, em casa, e tomou a terceira posição do rival no Campeonato Alemão, no dia da primeira vitória do Bayern de Munique após a conquista do título nacional, sobre o agora rebaixado Darmstadt 98 por 1 a 0.

O time aurinegro abriu o marcador logo aos 4 minutos do primeiro tempo, com o meia-atacante alemão Marco Reus. Nos instantes finais do duelo, aos 37 da etapa complementar, o atacante gabonês Pierre-Emerick Aubameyang ampliou. Quatro minutos mais tarde, o atacante croata Andrej Kramaric descontou.

O jogo foi cercado por polêmicas envolvendo a arbitragem de Felix Brych. No primeiro gol, os jogadores do Hoffenheim reclamaram muito de posição irregular do camisa 11 do Dortmund. Pouco depois, aos 14, a queixa foi sobre um toque de mão não marcado de Reus, em jogada que resultou em penalti para os donos da casa, perdido por Auba.

Alheio aos problemas no apito, a equipe comandada por Thomas Tuchel chegou aos 60 pontos, dois a mais que o adversário. As duas equipes brigam pelo terceiro posto na tabela, que vale vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

No topo da classificação está o Bayern de Munique, campeão por antecipação, que hoje derrotou o Darmstadt pelo placar mínimo. O gol isolado da partida disputada na Allianz Arena foi marcada pelo lateral-esquerdo espanhol Juan Bernat, aos 18 minutos do primeiro tempo.

O time visitante só seguiria na primeira divisão em caso de vitória, mas, sequer conseguiu empatar. Aos 41 da etapa complementar, o volante turco Hamit Altintop cobrou pênalti, mas parou na defesa do goleiro Tom Starke, substituto do lesionado Manuel Neuer.

Já o RB Leipzig ficou a apenas um ponto de garantir o histórico vice-campeonato nacional logo no primeiro ano de participação na elite, ao derrotar fora de casa o Hertha Berlim, quinto colocado na tabela, por 4 a 1.

O atacante Timo Werner abriu o placar aos 11 do primeiro tempo e ampliou aos 9 do segundo. O também atacante Davie Selke, que havia saído do banco aos 36 da etapa final, balançou as redes aos 44 e nos acréscimos. O meia Rani Khedira, irmão de Sami Khedira, da Juventus, descontou, marcando contra.

Ainda sonhando com vaga na Liga Europa, o Borussia Mönchengladbach tropeçou em casa no ameaçado Augsburg, ficando no empate em 1 a 1. O atacante islandês Alfred Finnbogason abriu o marcador para os visitantes, aos 12 do segundo tempo. Nos acréscimos, o meia Andre Hahn salvou os anfitriões do revés.

O Eintracht Frankfurt, por sua vez, praticamente se despediu das chances de ir ao torneio continental através do Alemão - está na final da Copa da Alemanha -, ao perder para o Wolfsburg, que segue respirando na luta contra o rebaixamento, por 2 a 0. O meia Daniel Didavi e o centroavante Mario Gómez marcaram os gols do jogo.

Já o Ingolstadt ficou ainda mais perto da queda para a segunda divisão ao empatar em casa com o ainda ameaçado Bayer Leverkusen em 1 a 1. O meia Sonny Kittel abriu o placar para o time mandante, aos 28 da etapa complementar, mas o jovem meia Kai Havertz deixou tudo igual cinco minutos depois.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo