Esporte

Chapecoense visita o Lanús e tenta evitar eliminação precoce

16/05/2017 21h50

Buenos Aires, 16 mai (EFE).- Sem vencer pela Taça Libertadores desde a estreia, em que bateu o Zulia, a Chapecoense entrará em campo no estádio Néstor Días Pérez nesta quarta-feira pressionada para enfrentar o Lanús, já que corre o risco de ser eliminada precocemente do torneio continental.

A Chape é a lanterna do grupo 7, com quatro pontos, três a menos que o adversário desta quarta, segundo colocado. O líder é o Nacional do Uruguai, empatou com o Zulia como visitante e foi a oito pontos, enquanto o time da Venezuela foi a cinco, em terceiro lugar.

Assim, se perder, o bicampeão catarinense terá de se contentar em brigar pelo terceiro lugar, que leva à Copa Sul-Americana, da qual o time é o atual campeão. Caso empate, precisará bater o Zulia na Arena Condá na última rodada, na terça-feira da semana que vem, torcer para haver um vencedor no duelo entre Lanús e Nacional e ainda tirar uma grande diferença no saldo.

O time dirigido pelo técnico Vagner Mancini vem em uma sequência de quatro partidas sem vitória, por três competições diferentes. Depois de ter batido o Avaí, no primeiro jogo da final do estadual, perdeu para Cruzeiro (Copa do Brasil), para o próprio rival local, embora tenha ficado com o troféu, e para o Atlético Nacional, o que deixou a Chapecoense com o vice da Recopa Sul-Americana. Além disso, empatou com o Corinthians em São Paulo, na estreia pelo Campeonato Brasileiro.

"Temos um jogo contra o Lanús que praticamente vale uma vaga para as oitavas de final para nós. É um jogo no qual vou ter que mexer nas peças para que a equipe se supere fisicamente, não só da maratona de jogos, mas também de viagens", declarou Mancini.

A delegação da Chape chegou à Argentina nesta segunda. Embora possa relacionar apenas 18 jogadores para a partida, o treinador incluiu 25 na delegação. O volante Andrei Girotto será desfalque por ter sido expulso na final da Recopa, em que a equipe de Chapecó foi goleada pelo Atlético Nacional por 4 a 1, na última quarta.

O Lanús vem de uma derrota para o Banfield por 1 a 0, no último sábado, resultado que o derrubou para a 11ª colocação do Campeonato Argentino, mas está perto da vaga nas oitavas da Libertadores.

"Temos que nos levantar rapidamente porque vem por aí uma partida transcendental na história do clube", declarou o treinador Jorge Almirón, que não sabe se poderá contar com o lateral-direito José Luis Gómez. Ele levou uma pancada durante o revés do fim de semana e é dúvida. Santiago Zurbriggen provavelmente será o substituto caso necessário.



Prováveis escalações:.

Lanús: Andrada; Gómez, Velásquez, Marcone e Herrera; Braghieri, Sánchez e Rojas; Silva, Acosta e Sand. Técnico: Jorge Almirón.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Luis Otávio, Douglas Grolli e Reinaldo; Luiz Antonio, Moisés Ribeiro e João Pedro; Rossi, Arthur e Wellington Paulista. Técnico: Vágner Mancini.

Árbitro: Wilson Lamouroux (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Eduardo Díaz e John Alexander León.

Estádio: Néstor Días Pérez, em Lanús (Argentina).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo