Esporte

Mítico Degrau Hillary desaparece do Everest, o último desafio antes do cume

22/05/2017 09h31

Katmandu, 22 mai (EFE).- O emblemático trecho de rocha conhecido como Degrau Hillary, que representava o último grande desafio para os escaladores na ascensão ao cume do monte Everest, aparentemente desapareceu, segundo afirmam vários montanhistas, que atribuem o ocorrido ao forte terremoto que sacudiu o Nepal em 2015.

"Este ano não vimos o Degrau Hillary. Em 2013 ele estava lá", afirmou nesta segunda-feira à Agência Efe o veterano alpinista nepalês Mingma Tenzi Sherpa no acampamento base do Everest, ao qual retornou ontem após ter chegado, pela sexta vez, ao topo do mundo, a 8.848 metros de altitude.

A "escadaria" de rocha, situada a cerca de 8.780 metros, leva o nome do lendário escalador neozelandês Sir Edmund Hillary, que, ao lado do sherpa nepalês Tenzing Norgay, se converteu no dia 29 de março de 1953 no primeiro montanhista a chegar ao cume do Everest.

O Degrau Hillary, de aproximadamente 12 metros, é a última grande barreira para se chegar ao topo devido à atenção e à paciência necessárias para cruzá-la, tanto na ascensão como no descida, já que se trata de um trecho bastante estreito e que se transforma em um funil, o que resulta na formação de longas filas, atrasando as expedições e aumentando o risco conforme a noite se aproxima.

Agora, segundo Tenzi, onde antes ficava o Degrau Hillary, resta apenas um monte de neve.

"O grande terremoto de 2015 pode tê-lo deslocado para outro lugar", especulou o escalador, que acrescentou, no entanto, que isto só poderá ser confirmado com um estudo.

O tremor de 25 de abril de 2015, que alcançou magnitude 7,5 na escala Richter, provocou uma avalanche no Everest que deixou 19 escaladores mortos. Junto com suas fortes réplicas, o terremoto causou mais de 9 mil mortes no Nepal.

Gyanendra Sherstha, representante do governo nepalês vinculado às escaladas no Everest, e que também alcançou o cume da montanha em 2011, explicou nesta segunda-feira à Efe que vários escaladores também os informaram que o famoso Degrau Hillary já não está onde estava.

"Os escaladores nos informaram no ano passado que o Degrau Hillary já não estava lá e, neste ano, voltaram a dizer o mesmo", comentou Sherstha.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo