Esporte

Vettel e Hamilton travarão em Mônaco mais um duelo pela liderança do Mundial

24/05/2017 14h03

Redação Central, 24 mai (EFE).- O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, e o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, separados por apenas seis pontos na classificação do Campeonato Mundial de Fórmula 1, prometem novo duelo no Grande Prêmio de Mônaco, que acontecerá neste fim de semana.

A prova terá o desfalque do espanhol Fernando Alonso, da McLaren, que disputará pela primeira vez na carreira das 500 Milhas de Indianápolis, nos Estados Unidos. O substituto do duas vezes campeão da F-1 será o britânico Jenson Button, que defendeu o time britânico até o ano passado.

Vettel está na ponta da temporada com 104 pontos, enquanto Hamilton está com 98. Na última etapa, no entanto, o piloto da Mercedes cruzou em primeiro no Grande Prêmio da Espanha, em Barcelona, deixando o líder do Mundial na segunda colocação.

Nas emblemáticas ruas de Monte Carlo, o britânico e o finlandês Valtteri Bottas, terceiro na temporada, com 63 pontos, tentarão dar a quinta vitória seguida para a escuderia alemã na prova. Entre 2013 e 2015, só deu o alemão Nico Rosberg, enquanto Hamilton levou a melhor no ano passado.

Caso coloque um dos carros no topo do pódio mais uma vez, a Mercedes chegará a oito vitórias no circuito, ultrapassando a Lotus. Só a Ferrari, com nove êxitos, e a McLaren, líder do ranking, com 15, foram mais bem-sucedidas no GP de Mônaco.

Habitual na pista montada nas ruas do Principado, é a disputa intensa pela pole position, que dá ao piloto uma boa chance de vencer. Nesta temporada, nas cinco etapas realizadas, em três, Hamilton foi pole, enquanto Bottas largou na frente uma vez. Além deles, Vettel também saiu na ponta em uma prova.

Longe do pódio em Mônaco desde 2008, quando ficou na terceira colocação, Felipe Massa, da Williams, tentará melhorar o desempenho na temporada. O brasileiro está na nona colocação, com 18 pontos, e vem de 13º lugar no GP da Espanha. Nas ruas de Monte Carlo, o piloto foi décimo em 2016.

No grid de largada, não estará pela primeira vez de 2002 nas provas disputadas no circuito, Fernando Alonso. O duas vezes campeão mundial, que vem sofrendo com o rendimento da McLaren, aceitou convite para disputar as 500 Milhas, pela equipe Andretti.

Logo na estreia, o espanhol surpreendeu e conseguiu garantir o quinto lugar no grid de largada, que é definido uma semana antes da corrida, que acontecerá neste domingo. Com isso, Button volta a F-1, no meio do ano sabático que decidiu tirar, abrindo lugar para o jovem belga Stoffel Vandoorne.

O Grande Prêmio de Mônaco tem 78 voltas, em um total de 260,286 quilômetros. A largada da sexta etapa do Mundial está programada para às 9h (horário de Brasília) deste domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo