Topo

Esporte

Dirigentes da AFA chegam na Espanha para ofensiva final por Sampaoli

25/05/2017 17h29

Sevilha (Espanha), 25 mai (EFE).- O presidente da Associação de Futebol Argentina (AFA), Claudio Tapia, e o vice-presidente da entidade, Daniel Angelici, desembarcaram nesta quinta-feira na Espanha, para negociar a contratação do técnico Jorge Sampaoli, que comanda atualmente o Sevilla.

A ideia dos dirigentes é conseguir a redução da multa rescisória imposta pelo clube da Andaluzia, que é, atualmente de 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões). O acerto é o último entrave para o anúncio do novo comandante da 'Albiceleste', que já teria acertado com a federação local.

Sampaoli, aliás, deverá abrir mão deste valor para não cumprir a segunda temporada no Sevilla, acordada inicialmente em contrato, que vai até junho de 2018.

Os dirigentes, do Sevilla, por outro lado, não pretendem atender nenhum pedido da AFA, e só aceitam receber o valor integral da multa rescisória, além dos impostos correspondentes.

Na chegada a Sevilha, o presidente da AFA conversou rapidamente com jornalistas, admitiu que irá encontrar dirigentes do clube espanhol para negociar, mas se limitou a elogiar o técnico argentino.

"Sampaoli é o melhor técnico do mundo", disse Tapia.

Segundo a imprensa argentina, há programação para que o treinador seja apresentado amanhã na seleção. O ex-Universidad do Chile e seleção chilena, inclusive, teria ajudado a montar a convocação para amistosos contra Brasil e Cingapura, no mês que vem.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte