Esporte

No adeus de Totti, Roma vence Genoa de maneira heróica e é vice do Italiano

28/05/2017 18h27

(Atualiza com definição do terceiro rebaixado e mais resultados de Inter de Milão e Udinese, Fiorentina e Pescara, e Torino e Sassuolo).

Redação Central, 28 mai (EFE).- A Roma deu adeus neste domingo ao meia-atacante Francesco Totti, maior artilheiro do clube, com vitória sobre a Genoa por 3 a 2, no Estádio Olímpico, resultado que garantiu o vice do Campeonato Italiano, além de vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Em meio a comoção pela despedida do camisa 10, o promissor atacante Pietro Pellegri calou a torcida 'giallorossi', ao marcar logo as 3 minutos do primeiro tempo. O empate não tardou e veio aos 10, com gol do atacante bósnio Edin Dzeko, artilheiro do Campeonato Italiano, com 29 gols.

Aos 8 da etapa complementar, Totti entrou em campo, substituindo o egípcio Mohamed Salah. Em um dos primeiros toques na bola, 'Il Capitano' deu passe de costas para o volante Daniele de Rossi. O veterano, considerado pelo homenageado do dia um irmão, marcou aos 29 e virou o marcador.

O meia-atacante sérvio Darko Lazovic, aos os 34, tentou estragar a festa e balançou as redes, mas, já nos acréscimos, o meia argentino Diego Perotti fez valer a lei do ex, anotou o terceiro da Roma e fez explodir de novo o Estádio Olímpico.

A equipe da capital, com o resultado positivo, chegou aos 87 pontos, ficando quatro atrás da campeã Juventus, garantindo assim o vice. Além disso, a vitória na despedida de Totti coloca o time do lateral-esquerdo Emerson Palmieri - que se lesionou no jogo -, entre os 32 participantes da fase de grupos da Liga dos Campeões.

O Napoli, por sua vez, foi a 86 com a vitória expressiva sobre a Sampdoria por 4 a 2, em Gênova. Com o resultado, a equipe do sul do país, garantida por antecipação na próxima edição da 'Champions', terminou a competição na terceira colocação.

O atacante belga Dries Mertens, o atacante Lorenzo Insigne, o meia eslovaco Marek Hamsik e o atacante espanhol José María Callejon marcaram os gols dos visitantes na partida pela última rodada. O experiente atacante Fabio Quagliarella e o meia argentino Ricky Álvarez descontaram.

Mais cedo, o Milan, sexto colocado e garantido na Liga Europa, foi derrotado fora de casa pelo Cagliari por 2 a 1, em jogo que teve o placar aberto pelo meia brasileiro João Pedro, que passou por Atlético Mineiro e Santos antes de defender o time da Sardenha, aos 17 minutos do primeiro tempo.

Na etapa complementar, aos 18, o atacante colombiano Carlos Bacca teve chance de empatar, em cobrança de pênalti, mas acabou parando na defesa do goleiro Luca Crosta, ex-jogador 'rossonero'. Nove minutos depois, contudo, em novo tiro da marca fatal, Gianluca Lapadula deixou tudo igual.

Aos 30 do segundo tempo, o zagueiro argentino Gabriel Paletta foi expulso e deixou o Milan com um a menos. Nos acréscimos da etapa complementar, o defensor Fabio Pisacane marcou o gol que garantiu a vitória do Cagliari.

Neste domingo também foi escrito o último capítulo da luta contra o rebaixameno, com o Crotone, que passou quase todo o campeonato entre os três últimos se salvando e empurrando o Empoli para a segunda divisão na próxima temporada.

O time que começou a competição como antepenúltimo, venceu a Lazio por 3 a 1, em casa. Os atacantes Andrea Nalini, duas vezes, e Diego Falcinelli marcaram para os anfitriões. O atacante Ciro Immobile descontou, cobrando pênalti.

Assim, o Crotone foi a 34 pontos e abriu dois do Empoli, derrotado fora de casa pelo rebaixado Palermo por 2 a 1. Em jogo com gols marcados na etapa final, os anfitriões marcaram com o atacante macedônio Ilija Nestorovski, aos 31, e o meia Bruno Henrique, ex-Corinthians, aos 39. O meia bósnio Rade Krunic descontou aos 42.

Com queda já decretada para a segunda divisão, o Pescara empatou com a Fiorentina em 2 a 2, fora de casa. Os visitantes chegaram a abrir frente com os atacantes Gianluca Caprari e Jean-Christophe Bahebeck, mas o time 'Viola', mesmo com um a menos, reagiu com o meia Riccardo Saponara e o volante Matías Vecino marcando.

A Inter de Milão, que decepcionou na temporada, ficando fora das competições continentais, encerrou a participação com vitória sobre a Udinese por 5 a 2, no estádio San Siro. O brasileiro naturalizado italiano Éder marcou duas vezes. Já o atacante Gabigol não ficou nem no banco de reservas dos 'nerazzurri'.

Em outro jogo deste domingo, o Torino levou a melhor em jogo de oito gols, batendo o Sassuolo por 5 a 3. O grande destaque, no entanto, foi o atacante francês Gregoire Defrel, da equipe derrotada, que balançou as redes três vezes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo