Esporte

Polícia detém torcedores após incidentes violentos na Bulgária

29/05/2017 06h56

Sófia, 29 mai (EFE).- A polícia da Bulgária deteve 33 torcedores durante e após o clássico local entre as equipes de Sófia Levski e CSKA, que terminou com incidentes violentos após a derrota por 3 a 0 sofrida pela primeira, informou nesta segunda-feira o Ministério do Interior do país.

Decepcionados com a derrota de ontem à noite no chamado "clássico eterno", vários aficionados do Levski invadiram o campo e atacaram diversos jogadores da equipe, forçando-os a tirar suas camisas.

Os agentes de segurança conseguiram impedir maiores confrontos e detiveram 33 pessoas por posse de foguetes, drogas ou outros objetos proibidos, informou o ministério em comunicado publicado na sua página da internet.

Quando os jogadores do Levski se aproximaram das arquibancadas após o apito final do árbitro, vários torcedores entraram em campo e pediram explicações pelo fracasso.

Um deles levava um pedaço de pau e tentou se aproximar do zagueiro Alexander Alexandrov com a claro intenção de bater nele, mas os agentes o pararam a tempo.

O capitão do Levski, Veselin Minev, e o meio-campista Anton Ognyanov foram atingidos por objetos lançados das arquibancadas e tiveram que ser retirados pela polícia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo