Esporte

Katinka Hosszu critica mudanças da FINA na Copa do Mundo de Natação

31/05/2017 08h59

Budapeste, 31 mai (EFE).- A húngara Katinka Hosszu, que conquistou quatro medalhas olímpicas no Rio de Janeiro, no ano passado, criticou a Federação Internacional de Atletismo (FINA) por mudar a regra de inscrição de atletas em etapas da Copa do Mundo.

"Parabéns, FINA. Vocês garantiram que eu não poderei nadar e ganhar mais neste ano", escreveu a atleta no Facebook, em referência ao limite de quatro provas por atletas na competição.

No ano passado, durante a última etapa da Copa do Mundo, em Hong Kong, a Dama de Ferro, como é chamada se inscreveu em 11 provas, vencendo dez delas.

A federação divulgou ontem as novas regras para a competição, que será aberta em agosto, em Moscou. Além da limitação por etapas, cada nadador só poderá se inscrever em 25 disputas ao longo da temporada.

Para Hosszu, as mudanças pode tornar "mais difícil que apareçam novas estrelas" na modalidade.

A húngara ainda afirmou que, embora a FINA diga que as mudanças "foram bem acolhidas por técnicos e atletas", ninguém a consultou sobre as limitações de inscrição.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo