Esporte

Em busca da 4ª Champions, Daniel Alves quer Juventus "sem medo" contra o Real

02/06/2017 16h00

Cardiff, 2 jun (EFE).- O lateral-direito Daniel Alves, da Juventus, declarou nesta sexta-feira que o clube italiano irá a campo "com respeito, mas sem medo" do Real Madrid na final da Liga dos Campeões neste sábado, em Cardiff.

"Uma equipe pode ter um escorregão e vamos tentar fazer com que eles tenham. Com respeito, mas sem medo. Sem medo dos títulos que eles ganharam e com ambição e vontade", comentou o jogador na sala de imprensa do Millennium Stadium, ao lado do técnico Massimiliano Allegri e do goleiro Gianluigi Buffon.

Na opinião do brasileiro, seria marcante fazer parte de uma conquista inédita para o capitão Buffon, que aos 39 anos nunca conseguiu vencer a Liga dos Campeões.

"Seria incrível ganhar um título com Buffon antes que ele se aposente do futebol. Espero que estejamos à altura porque é uma linda chance. Eu tirei uma taça da Juventus (em 2015, quando defendia o Barcelona) e agora o futebol me devolve a oportunidade de ajudar o clube a conquistar uma", relembrou.

Com três títulos da Liga dos Campeões no currículo (2009, 2011 e 2015), todos pelo Barcelona, Daniel Alves espera agora repetir o feito para fechar com estilo a primeira temporada com a camisa do clube italiano.

"Quando cheguei à Juventus, disse que não eles não estavam contratando uma estrela, mas um trabalhador, e que eu vinha para ajudar a alcançar o sonho (de ganhar a Liga dos Campeões). Chegamos até aqui, mas para realizar o sonho temos que fazer um pouco mais. Estamos muito perto e temos que aproveitar a oportunidade para que o sonho se torne realidade", disse.

Perguntado sobre a possibilidade de se tornar o único jogador da história a conquistar três tríplices coroas - nesta temporada já venceu o Campeonato Italiano e a Copa da Itália -, o brasileiro comentou que não é uma pessoa que vive pensando em si, mas no coletivo.

"Isso serve só para a história, para quando deixarmos de jogar e alguém olhar a trajetória e a carreira, com os títulos conquistados. Mas não serve de mais nada. Não posso parar e pensar que se ganhamos vou a ser o único jogador em ganhar três 'tripletes'. O nosso objetivo é muito maior", disse.

"Não sou uma pessoa que vive pensando em mim. Se o meu entorno está bem, eu estou bem. Quando se joga um esporte coletivo, o objetivo é que a equipa ganhe, e a minha preocupação é a minha equipe, estar com os meus companheiros, que eles sejam cada dia melhores. Esse é o maior desafio e por isso aceitei o desafio de vir para a Juventus", explicou.

Daniel Alves se definiu como um "eterno aprendiz" e disse que nas finais só há um caminho: "jogar, conquistar a taça e comemorar com os torcedores".

"Não sou ninguém para ensinar ou aconselhar. Sou um eterno aprendiz e estou aqui para aprender com todos, suas experiências e vivências. Essa é a força do nosso grupo: juntamos histórias e vivências e isso nos leva a estar unidos em um só caminho, juntar a força e levar a taça a casa. Respeitamos os adversários, mas não temos medo de falhar", concluíu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo