Esporte

México pega Honduras e busca primeira de duas vitórias para ir à Copa

07/06/2017 16h04

Cidade do México, 7 jun (EFE).- A seleção mexicana pode dar grande passo rumo à Copa do Mundo de 2018, em duelo nesta quinta-feira com Honduras, em casa, pela quinta rodada das Eliminatórias da Concacaf, em que os Estados Unidos irão tentar entrar na zona de classificação direta.

Os comandados pelo colombiano Juan Carlos Osorio estão na ponta isolada do torneio, com dez pontos, três a frente da Costa Rica, que, por sua vez, receberá o Panamá, terceira na tabela, com cinco pontos. Já os americanos encararão, em seus domínios, Trinidad e Tobago, lanterna do hexagonal.

Se vencer o compromisso desta quinta-feira e bater no domingo os Estados Unidos, em jogo adiantado pela sexta rodada, devido a participação na Copa das Confederações, os mexicanos assegurarão matematicamente a vaga no Mundial da Rússia.

A principal novidade para o jogo contra Honduras deverá ser a presença no banco de reservas do zagueiro Rafael Márquez, recém-recuperado de uma lesão na coluna. O jogador atuou no amistoso contra a Irlanda, que terminou com placar de 3 a 1 para a seleção da América do Norte, na semana passada.

Honduras, por sua vez, chega com a obrigação de conseguir um bom resultado, já que está fora da zona de classificação para a Copa, com quatro pontos. Nas duas últimas rodadas, a seleção comandada pelo também colombiano Jorge Luis Pinto, levou 6 a 0 dos Estados Unidos e cedeu empate com Costa Rica em 1 a 1.

A seleção americana, agora comandada pelo veterano Bruce Arena, ocupa atualmente a posição que a forçaria participar de repescagem contra o quinto colocado das Eliminatórias asiáticas. A intenção no duelo contra Trinidad Tobago, no entanto, é vencer para subir na tabela.

As principais novidades serão as presenças na relação para o jogo dos dos experientes laterais-direitos DeAndre Yedlin, do Newcastle, e Fabian Johnson, do Borussia Mönchengladbach, que vinham ficando fora das últimas convocações por causa de problemas físicos.

Já Costa Rica, que também ficará muito perto da Copa se vencer na rodada, terá contra o Panamá a presença do goleiro Keylor Navas, que fará a primeira aparição pela seleção depois do título da Liga dos Campeões da Europa, conquistado pelo Real Madrid.

Os 'Ticos' tentarão fazer jus ao bom desempenho como anfitrião, já que venceram os quatro jogos que fizeram em casa nestas Eliminatórias, além dos últimos seis pelo torneio classificatório para o Mundial de 2014, disputado no Brasil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo