Esporte

COI ameaça tirar levantamento de peso da Olimpíada após casos de doping

Ross Kinnaird/Getty Images
Thomas Bach é o presidente do Comitê Olímpico Internacional Imagem: Ross Kinnaird/Getty Images

09/06/2017 15h18

O Comitê Olímpico Internacional (COI) deu um ultimato à Federação Internacional de Levantamento de Peso (IWF) nesta sexta-feira (9) e ameaçou tirar o esporte do programa dos Jogos de 2024. O motivo da insatisfação é a proliferação de casos de doping na modalidade, e um programa para acabar com o problema é a exigência do órgão organizador das Olimpíadas.

O presidente do COI, o alemão Thomas Bach, anunciou em Lausanne (Suíça) que se o esporte quiser continuar nos Jogos tem até dezembro deste ano para explicar como vai acabar com os recorrentes casos de consumo de substâncias proibidas.

A reanálise das amostras de urina armazenadas durante Pequim-2008 e Londres-2012 trouxe à tona dezenas de testes positivos entre os atletas do esporte. Segundo Bach, o COI já enviou à federação "um sinal muito forte" ao reduzir hoje a cota de participação em Tóquio-2020 em 64 atletas em comparação à Rio-2016.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo