Esporte

Pilotos pedem, e GP da Catalunha de MotoGP voltará a ter traçado de 2016

09/06/2017 16h59

Montmeló (Espanha), 9 jun (EFE).- Depois de um pedido dos pilotos, a Comissão de Segurança da MotoGP decidiu nesta sexta-feira que o traçado do circuito de Montmeló para o Grande Prêmio da Catalunha será o mesmo do ano passado, voltando atrás nas alterações feitas depois da morte do espanhol Luis Salom, da Moto2, no ano passado.

Em 2016, por conta do acidente que vitimou Salom, passou a usar a chicane da Fórmula 1, mas a alteração passou a representar um novo risco devido à proximidade das motos com o muro. Com isso, para esta temporada, foi construída uma nova chicane, mas os competidores alertaram para outro problema, o fato de que quem sofreu uma queda no local ficou exposto no meio da pista.

A ideia dos pilotos e da Comissão de Segurança é que a partir do ano que vem é que o traçado original seja usado, mas com alterações, como o recuo do muro.

Nesta sexta, o espanhol Marc Márquez (Honda) foi o mais rápido dos treinos livres na MotoGP, com o compatriota Jorge Lorenzo (Ducati) em segundo lugar e o alemão Jonas Folger (Yamaha Tech 3) em terceiro. Na Moto2, o melhor tempo foi o do ítalo-brasileiro Franco Morbidelli (Marc VDS Kalex), líder do campeonato, enquanto Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda), também da Espanha, ficou em primeiro na Moto3.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo