Esporte

Suécia vence França e põe fogo no grupo da morte das Eliminatórias europeias

09/06/2017 19h20

Redação Central, 9 jun (EFE).- Um gol de Ola Tovoinen do meio de campo, nos últimos instantes, garantiu a vitória da Suécia sobre a França por 2 a 1 de virada nesta sexta-feira na Friends Arena e serviu para colocar fogo no grupo A das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, considerado um dos mais difíceis.

A sexta-feira foi ainda de triunfos importantes para Holanda, Suíça, Portugal e Bélgica e de zebra para a Hungria, que caiu diante da modesta seleção de Andorra.

Na cidade sueca de Solna, os donos da casa fizeram um confronto direto pela liderança do grupo A com a atual vice-campeã europeia e levou a melhor, mantendo-se firme no objetivo de voltar ao Mundial após 12 anos.

Os 'Bleus' saíram em vantagem graças ao gol marcado por Giroud, aos 37 minutos de partida. Sidibé cruzou da direita, Johansson afastou apenas parcialmente e deixou a sobra com o centroavante, que dominou e, sem deixar cair, acertou um lindo chute no canto direito para fazer 1 a 0.

Entretanto, ainda antes do intervalo, aos 43, Augustinsson levantou e Berg não chegou, mas Durmaz emendou de primeira e deixou tudo igual.

O confronto continuou empatado até os 48 minutos do segundo tempo, quando a equipe da casa obteve a virada. Depois do recuo, Lloris falhou no chutão e deu um presente para Tovoinen, que aproveitou que o goleiro estava fora da área, bateu do grande círculo e fez 2 a 1.

Com o resultado, a Suécia assumiu a ponta, com 13 pontos, mesmo número da França, que leva a pior no saldo de gols (+8 a +6) e por isso caiu para a segunda posição.

O terceiro lugar é da Holanda, que foi a dez pontos ao golear Luxemburgo por 5 a 0 no estádio De Kuip, em Roterdã, na reestreia do técnico Dick Advocaat. Sneijder, que se tornou o jogador que mais vezes vestiu a camisa da vice-campeã mundial de 1974, 1978 e 2010, com 131 partidas, fez o segundo gol. Os outros foram de Robben, Wijnaldum, Promes e Janssen.

A Bulgária, por sua vez, caiu para o quarto lugar, com nove pontos, ao perder para Belarus, quinto, com cinco, por 2 a 1 em Borisov.

No último jogo antes da estreia na Copa das Confederações, contra o México, no próximo dia 18, Portugal foi à cidade de Riga e derrotou a Letônia por 3 a 0, com dois gols de Cristiano Ronaldo e um de André Silva.

A campeã europeia do ano passado ainda é segunda colocada do grupo B, com 15 pontos em seis jogos, atrás da Suíça, que manteve os 100% de aproveitamento e foi a 18 ao superar Ilhas Faroe como visitante. Xhaka e Shaqiri marcaram os gols do triunfo por 2 a 0 em Torshavn.

A quatro rodadas do fim, a disputa na chave ficou praticamente restrita a lusitanos e suíços. A terceira colocada Hungria se manteve com sete pontos por ter perdido para Andorra por 1 a 0 em Andorra la Vella. A equipe mandante não vencia um jogo de Eliminatórias desde 2004.

No grupo H, a Bélgica defendeu bem a liderança ao bater a Estônia por 2 a 0 em Tallinn. Mertens e Chadli balançaram a rede uma vez cada e levaram os 'Diabos Vermelhos' a 16 pontos.

Em confronto direto pela segunda colocação, Grécia e Bósnia empataram sem gols em Zenica, o que fez com que a campeã europeia de 2004 se mantivesse um ponto à frente da adversária (12 a 11).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo