Esporte

Federação chinesa anuncia regras para reduzir contratações milionárias

 AFP PHOTO / STR / CHINA OUT
Pato trocou o Villarreal pelo chinês Tianjin Quanjian em janeiro de 2017 Imagem: AFP PHOTO / STR / CHINA OUT

14/06/2017 12h27

Pequim, 14 jun (EFE).- A federação chinesa de futebol (CFA, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira que os clubes que disputam a primeira divisão do país e estão apresentando prejuízo, não poderão contratar jogadores por mais de 45 milhões de iuanes (R$ 22 milhões) na próxima janela de transferências.

A medida afetará a maioria das equipes que participa da competição, que já teve 12 rodadas disputadas, a partir da próxima segunda-feira, quando o mercado será reaberto.

A entidade nacional ainda anunciou ter estabelecido um teto para contratação de jogadores nascidos na China, em 20 milhões de iuanes (R$ 9,7 milhões).

Além disso, foi criado um dispositivo para transferências que envolvam clubes com mesmos proprietários, como Jiangsu Suning e Inter de Milão, Chongqing Lifan e Granada. Mesmo que haja negociações por empréstimo entre eles, a equipe chinesa será taxada pelo valor da contratação do jogador.

No dia 25 de maio deste ano, a CFA já havia anunciado a criação de um imposto de 100% na aquisição de estrangeiros pelos participantes da primeira divisão do país, como forma de reduzir os gastos milionários.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo