Topo

Esporte

Após polêmica, Uefa permite que dois times da Red Bull disputem a Champions

Michael Sohn/AP
Vice-campeão alemão, o Leipzig, do meia Forsberg, vai estrear na Champions Imagem: Michael Sohn/AP

Da EFE

20/06/2017 14h06

A Uefa decidiu permitir que o Red Bull Salzburg, campeão do Campeonato Austríaco, e o RB Leipzig, segundo colocado do Campeonato Alemão, disputem a próxima edição da Liga dos Campeões, apesar de os clubes pertencerem à mesma empresa.

O Órgão de Controle Financeiro de Clubes da Uefa (CFCB) avaliou o caso e decidiu autorizar a participação das duas equipes no torneio após constatar que o fato de ambos estarem ligados à empresa Red Bull não feria o artigo 5 sobre a integridade da competição.

As regras da Uefa impedem que dois ou mais times com o mesmo dono joguem a Liga dos Campeões. Porém, como o Salzburg e o Leipzig possuem diretorias diferentes e jogam em ligas separadas, a entidade que comanda o futebol europeu decidiu admitir as equipes.

A Uefa informou que tomou a decisão após uma "investigação cansativa das várias e importantes mudanças estruturais e de governança realizadas pelos clubes, especialmente em matéria corporativa, de financiamento, de pessoal e de acordos de patrocínio".

A associação europeia alertou que o CFCB manterá o controle sobre os dois clubes para garantir que as regras de integridade sejam respeitadas no futuro.

O Salzburg disputará a segunda fase preliminar da Champions. Já o Leipzig entra diretamente na fase de grupos do torneio.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte