Esporte

Argentino Mauricio Pellegrino é o novo técnico do Southampton

23/06/2017 14h42

Londres, 23 jun (EFE).- O Southampton oficializou nesta sexta-feira a contratação, para os próximos três anos, do técnico argentino Mauricio Pellegrino, que na última temporada dirigiu o Alavés.

"Estou muito feliz por ser o novo treinador do Southampton. É um clube com uma grande reputação e uma estrutura forte e estável, que disputa o Campeonato Inglês e joga um futebol atraente", disse o próprio Pellegrino ao site do clube.

"Acredito que minha filosofia e a cultura existente no clube funcionarão bem juntas. Temos que ser um time, tanto dentro como fora do campo, e quero que os torcedores se sintam orgulhosos dos seus jogadores. Minha intenção é ganhar jogos, ter sucesso e desenvolver um espírito de equipe que ajude todos a darem 100%", acrescentou.

Pellegrino, que levou o Alavés à final da Copa do Rei e à nona colocação no Campeonato Espanhol, se juntará de forma oficial ao Southampton na próxima semana para começar os trabalhos de pré-temporada.

"Estou feliz porque, após um trabalhoso processo de procura, contratamos Mauricio Pellegrino como o nosso novo treinador. Mauricio nos impressionou com seu conhecimento, motivação e habilidade", disse Les Reed, vice-presidente do Southampton.

"Acreditamos que ele é a pessoa indicada para elevar o nível. Conhece nossos jogadores e acredita que temos um grande modelo que, com alguns pequenos ajustes, pode continuar fazendo sucesso", disse o diretivo.

Substituto do francês Claude Puel no Southampton, Pellegrino foi assistente de Rafa Benítez no Liverpool e na Inter de Milão. Também foi técnico do Valencia, da Espanha, e Estudiantes e Independiente, da Argentina.

Puel, de 55 anos, foi demitido no último dia 15, apesar de ter levado o time à final da Copa da Liga - primeira grande final do clube desde 2003 - e à oitava colocação no Campeonato Inglês.

A sequência ruim na segunda metade da temporada, agravada pela derrota por 3 a 2 na final da Copa da Liga para o Manchester United, em fevereiro, foi determinante para a decisão da diretoria de rescindir com o francês, que assumiu o Southampton em junho de 2016, após a saída de Ronald Koeman para o Everton.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo