Esporte

Gallardo se mostra "surpreso" com casos de doping no River e cre em "erro"

23/06/2017 16h05

Buenos Aires, 23 jun (EFE).- O técnico do River Plate, Marcelo Gallardo, disse nesta sexta-feira estar "surpreso" com os resultados positivos nos testes antidoping dos jogadores Lucas Martínez Quarta e Camilo Mayada em partidas pela Taça Libertadores e afirmou acreditar que, nos dois casos, se trata de "um erro".

Gallardo concedeu uma entrevista coletiva ao lado do médico do clube, Pedro Hansing, que alegou que o River "não teve intenção de ter nenhuma vantagem esportiva".

O treinador afirmou que "respalda" os jogadores envolvidos porque confia na "integridade".

"Quero levar calma ao torcedor, ao simpatizante, ao sócio do River e ao público em geral. Foram 24 horas muito difíceis, de muita preocupação e indignação por tudo o que se disse", declarou.

"Estamos tomando todas as cobranças e as medidas necessárias para juntar provas e tentar explicar. Surpreendeu a todos nós. Temos que tomar uma postura de calma e tranquilidade neste momento. Tentaremos ter todas as informações possíveis para que estes casos sejam esclarecidos", acrescentou.

Gallardo disse que a suspensão provisória aplicada a ambos é "um problema", porque se trata de "dois jogadores importantes para a equipe".

"São duas pessoas extraordinárias, por isso nos gera esta angústia e dor. Claramente nos pega em uma posição na qual a competição em que estamos passa a ser um tema secundário. Além de competir, quero defender a integridade dos jogadores, isso é mais importante que qualquer resultado esportivo", afirmou.

Por sua vez, Hansing apontou que "a substância à qual se faz referência (flagrada nos dois exames) é um diurético".

"Não o temos e não o usamos habitualmente na nossa bateria de medicamentos", garantiu.

O clube não só solicitou uma contraprova, como pediu uma audiência com diretores da Conmebol a respeito.

Mayada, de 26 anos, testou positivo após a partida em que o River Plate ganhou do Melgar, no Peru, por 3 a 2 em Arequipa, no dia 18 de maio. O uruguaio marcou um gol e deu uma assistência.

Martínez Quarta, de 21 anos, foi flagrado no exame de 10 de maio, após o duelo com o Emelec que terminou empatado em 1 a 1, em Buenos Aires.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo