Esporte

Rússia é México se enfrentam por vaga na semi da Copa das Confederações

23/06/2017 14h40

Moscou, 22 jun (EFE).- As seleções do México e a Rússia farão neste sábado, na Kazan Arena, um confronto direto por uma vaga nas semifinais da Copa das Confederações, com a vantagem do empate para o campeão da Concacaf, que ocupa a primeira posição do grupo A.

A 'Tri' aparece na ponta da tabela com quatro pontos, superando Portugal, segundo colocado, no número de gols marcados. Os donos da casa estão em terceiro lugar, com três, enquanto a Nova Zelândia segura a lanterna, com um ponto sequer, e já está eliminada.

Dessa forma, entre as seis combinações de resultados, há uma que permitiria que russos e mexicanos se classificassem juntos: uma vitória da equipe anfitriã em Kazan e uma derrota da seleção lusitana, por diferença de gols igual ou maior, para o representante da Oceania em São Petersburgo.

Embora se beneficie de uma possível igualdade, o técnico do México, Juan Carlos Osorio, vem descartando a hipótese de montar uma equipe defensiva.

"Vamos continuar jogando um futebol ofensivo, um futebol de ataque. Quase nunca ou nunca fomos para um jogo pensando em empatar, porque acredito que isso coloca o resultado em risco. Então tentaremos vencer, entendendo que jogaremos contra um grande adversário", declarou o ex-treinador do São Paulo logo após a vitória sobre a Nova Zelândia por 2 a 1 na última quarta.

Mesmo com as dificuldades diante dos neozelandeses, Osorio continua fiel a sua filosofia de rodar o elenco, e contra a Rússia não será diferente. O goleiro Ochoa, o meio-campista Guardado e os atacante Vela e Chicharito, que não jogaram pela segunda rodada, provavelmente estarão entre os titulares.

O técnico lamentou a lesão sofrida pelo zagueiro Carlos Salcedo, que o tirou da competição, e os problemas de saúde do também defensor Héctor Moreno, que é dúvida para enfrentar a Rússia.

A equipe da casa vem de derrota para Portugal, e a pressão sobre Stanislav Cherchesov não é das menores. Ainda que o vice-primeiro ministro e presidente da federação de futebol, Vitali Mutko, tenha dito que o técnico está prestigiado, a imprensa local já fala em demissão em caso de eliminação.

Apesar da ameaça, Cherchesov continuará fiel a suas convicções e repetirá a formação inicial do revés da última quarta, com os mesmos titulares no 5-4-1.



Prováveis escalações:.

México: Ochoa; Araujo, Reyes, Márquez e Layún; Guardado, Herrera e Jonathan dos Santos; Jiménez, Vela e Hernández. Técnico: Juan Carlos Osorio.

Rússia: Akinfeev; Shishkin, Vasin, Dzhikya, Kudryashov e Zhirkov; Kombarov, Samedov, Glushakov e Golovin; Smolov. Técnico: Stanislav Cherchesov.

Árbitro: Fahad al Mirdasi (Arábia Saudita), auxiliado pelos compatriotas Abdulah Alshalwai e Mohammed Al Abakry.

Estádio: Kazan Arena, em Kazan.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo