Topo

Esporte

Torcedor do City, ex-cantor do Oasis elogia Gabriel Jesus e o compara a CR7

Ian Walton/Getty Images
Gabriel Jesus comemora gol marcado pelo City sobre o Watford Imagem: Ian Walton/Getty Images

26/06/2017 12h10

Liam Gallagher, ex-vocalista da banda britânica Oasis e torcedor do Manchester City, elogiou Gabriel Jesus, comparando o atacante brasileiro ao português Cristiano Rolando, e considerou que, se o técnico espanhol Josep Guardiola não conseguir um título na próxima temporada, deve deixar o clube.

"Eu adoro o Gabriel Jesus. Ele é genial. No futuro, ele aterrorizará defesas. Me lembra um pouco o Cristiano Ronaldo, porque ele é ousado. E eu odeio os preguiçosos que não arriscam. Ele é agressivo", disse Liam sobre o atacante brasileiro em entrevista à revista francesa especializada em futebol "So Foot".

Sobre as expectativas para a próxima temporada, o músico considera que o futuro de Guardiola no clube depende de grandes conquistas.

"É absolutamente necessário ganhar o título na próxima temporada, não podemos deixá-lo para o Chelsea. Se não ganharmos um grande troféu, Pep não poderá ficar", comentou.

Liam, que disse acompanhar os jogos do City pela televisão e não no estádio, também criticou a decisão de Guardiola de dispensar o goleiro Joe Hart.

"Pep se equivocou ao se desfazer de Joe Hart tão rápido. Deu um tiro no pé. É verdade que não era o melhor goleiro, mas podia ter ficado mais uma temporada. Dada a ausência de Kompany, nos faltou liderança na defesa", analisou o cantor.

O ex-membro do Oasis esclareceu que ser torcedor de um clube considerado rico não é nenhum inconveniente.

"Nasci em 1972. E posso afirmar que nos anos 70 e 80 o Manchester City era realmente um time de m.... Assim, fiquei feliz por terem comprado o clube. Estou bastante contente por sermos um clube com dinheiro", afirmou.Liam Gallagher, ex-vocalista da banda britânica Oasis e torcedor do Manchester City, elogiou Gabriel Jesus, comparando o atacante brasileiro ao português Cristiano Rolando, e considerou que, se o técnico espanhol Josep Guardiola não conseguir um título na próxima temporada, deve deixar o clube.

"Eu adoro o Gabriel Jesus. Ele é genial. No futuro, ele aterrorizará defesas. Me lembra um pouco o Cristiano Ronaldo, porque ele é ousado. E eu odeio os preguiçosos que não arriscam. Ele é agressivo", disse Liam sobre o atacante brasileiro em entrevista à revista francesa especializada em futebol "So Foot".

Sobre as expectativas para a próxima temporada, o músico considera que o futuro de Guardiola no clube depende de grandes conquistas.

"É absolutamente necessário ganhar o título na próxima temporada, não podemos deixá-lo para o Chelsea. Se não ganharmos um grande troféu, Pep não poderá ficar", comentou.

Liam, que disse acompanhar os jogos do City pela televisão e não no estádio, também criticou a decisão de Guardiola de dispensar o goleiro Joe Hart.

"Pep se equivocou ao se desfazer de Joe Hart tão rápido. Deu um tiro no pé. É verdade que não era o melhor goleiro, mas podia ter ficado mais uma temporada. Dada a ausência de Kompany, nos faltou liderança na defesa", analisou o cantor.

O ex-membro do Oasis esclareceu que ser torcedor de um clube considerado rico não é nenhum inconveniente.

"Nasci em 1972. E posso afirmar que nos anos 70 e 80 o Manchester City era realmente um time de m.... Assim, fiquei feliz por terem comprado o clube. Estou bastante contente por sermos um clube com dinheiro", afirmou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte