Esporte

Agência Antidoping Russa ganha autorização parcial para voltar à ativa

27/06/2017 13h31

Redação Central, 27 jun (EFE).- A Agência Antidoping Russa (RUSADA) foi autorizada nesta terça-feira pela WADA, entidade mundial que regulamenta o controle contra o doping, a "planejar e coordenar" os testes, mas sob a tutela de especialistas internacionais e da agência britânica.

O órgão local está suspenso desde novembro de 2015, por erros e manipulação de análises, e "segue nesta condição", aponta a WADA em comunicado, que aponta a abertura aprovada como um primeiro passo no mapa desenhado para o reestabelecimento das atividades.

De acordo com a Agência Mundial Antidoping e o comitê encarregado de supervisionar o cumprimento de normas, a RUSADA já resolveu algumas exigências, como a independência dos cartos, a disponibilização de dados do passaporte biológico dos atletas e a abertura aos examinadores das chamadas "cidades fechadas".

"Ainda que falte muito para fazer, a WADA reconhece estes passos como chaves na rota para a conformidade com as normas", garantiu o presidente da Agência Mundial, o britânico Craig Reedie, por meio de nota oficial.

"Incentivamos que a Rússia continue com seus esforços, em benefício aos atletas limpos de todo o mundo", completa o dirigente. EFE

nam/bg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo