Esporte

Westbrook fecha temporada histórica com prêmio de MVP da NBA

27/06/2017 03h52

Nova York, 26 jun (EFE).- O armador Russell Westbrook, do Oklahoma City Thunder, concluiu nesta segunda-feira uma temporada histórica ao ser escolhido o Jogador Mais Valioso (MVP, sigla em inglês) da temporada 2016/2017 da NBA.

Na votação final entre os jornalistas especializados que cobrem o dia a dia do melhor basquete do mundo, Westbrook superou o ala-armador James Harden, do Houston Rockets e seu ex-companheiro de OKC, e o ala Kawhi Leonard, do San Antonio Spurs, que foram os outros dois finalistas.

O novo ganhador do prêmio ocupa o posto de Stephen Curry, do Golden State Warriors, MVP nas duas edições anteriores.

Em seu discurso de aceitação do prêmio, Westbrook agradeceu o prêmio a Deus e a seus companheiros de Thunder.

"Cada um em Oklahoma City me ajudou a competir no mais alto nível todas as noites", disse Westbrook. "Sem essa ajuda, jamais teria sido possível que meu rendimento pudesse refletir nos resultados de toda a equipe", acrescentou.

Com atuações brilhantes a cada noite, com direito a muitos triples-doubles, Westbrook estabeleceu novas marcas nos livros da NBA.

A de maior destaque foi o superar os 41 triples-doubles do lendário Oscar Roberson na temporada de 1962.

O Thunder chegou a 47 triunfos na temporada regular e se classificou para os playoffs, mas acabou eliminado na primeira rodada para o Houston Rockets.

A saída de Kevin Durant, que trocou o Thunder pelos Warriors, deixou Westbrook como o líder indiscutível dentro do elenco do Oklahoma City e o ala-armador respondeu da melhor maneira possível, com uma temporada de números impressionantes.

Westbrook liderou a liga com média de 31,6 pontos; foi o terceiro em assistências com 10,4 e o décimo em rebotes com 10,7 por partida, além de concluir três jogos com triples-doubles e 50 ou mais pontos, entre eles o de melhor pontuação de sua carreira, com 57 contra o Orlando Magic.

Westbrook também fez história ao anotar 54 pontos contra o Denver Nuggets, o jogo em que bateu a marca de Robertson com seu 42º triple-double da temporada, e ainda acertou o chute que decidiu o jogo no último segundo.

Além das estatísticas individuais, Westbrook mostrou grande evolução ao assumir a responsabilidade como líder do Oklahoma City Thunder após a saída de Durant.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo