Esporte

Com um a menos, Chapecoense leva gol no último lance e perde na Argentina

28/06/2017 21h21

Buenos Aires, 28 jun (EFE).- Com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, a Chapecoense foi derrotada pelo Defensa y Justicia por 1 a 0 nesta quarta-feira, com um gol sofrido no último lance do duelo de ida pela segunda fase da Copa Sul-Americana.

O volante Andrei Girotto, que já tinha recebido cartão amarelo no primeiro tempo, foi expulso aos 7 minutos da etapa final após deixar o braço no rosto de um adversário em uma disputa boba no meio de campo.

A Chapecoense suportou a pressão dos donos da casa, empolgados com a vantagem numérica, até o último lance do jogo. Aos 49 minutos do segundo tempo, já no abafa, Bouzat levantou a bola na área. A zaga da equipe catarinense cochilou, e Stefanelli tocou livre para o gol, sem chance de defesa para Jandrei.

Esta foi praticamente a única chance do Defensa y Justicia, carrasco do São Paulo na primeira fase, contra a atual campeã da Sul-Americana. Os anfitriões chegaram a ter 70% de posse de bola durante a partida, mas praticamente não ameaçaram o rival no jogo.

Um dos poucos lances de perigo até o gol ocorreu aos 31 minutos do segundo tempo. Depois de bate-rebate na área, a zaga da Chapecoense afastou mal. Rivero ficou com a bola na entrada da área e cruzou bem para Ríos, que desviou de cabeça e obrigou Jandrei a fazer boa defesa.

Já a melhor chance da Chape ocorreu na etapa inicial, aos 28 minutos. Depois de escanteio para o Defensa y Justicia, Rossi viu Apodi livre entre os marcadores. O lateral-direito partiu em velocidade e foi parado com falta perto da área. Na cobrança, porém, Arthur chutou por cima do gol defendido por Arias.

Com o resultado, a Chapecoense precisa vencer por dois gols de vantagem na Arena Condá, no próximo dia 25 de julho, para eliminar a equipe treinada por Sebastián Beccacece, que não comandará o Defensa y Justicia no jogo de volta. O técnico deixará o clube para assumir o cargo de auxiliar do novo técnico da Argentina, Jorge Sampaoli.

O vencedor do duelo pegará quem passar da reedição do confronto entre Palestino e Flamengo. A equipe chilena eliminou o Rubro-Negro na última edição da Copa Sul-Americana.



Ficha Técnica:.

Defensa y Justicia: Arias; Alvarado, Bareiro (Stefanelli) e Cardona; Rivero, Miranda, Gutiérez e Delgado; Castellani (Pochettino), Bouzat e Rios (Kaprof). Técnico: Sebastián Beccacece.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Marques, Girotto e Lucas Mineiro (Nathan); Rossi (Diego Renan), Arthur e Wellington Paulista (Lourency). Técnico: Vágner Mancini.

Árbitro: Diego Haro (Peru), auxiliado pelos compatriotas Raúl López Cruz e Víctor Raez.

Gol: Stefanelli (Defensa y Justicia).

Cartões Amarelos: Alvarado e Miranda (Defensa y Justicia); Grolli, Reinaldo e Girotto (Chapecoense).

Cartão Vermelho: Girotto (Chapecoense).

Estádio: Norberto Tomaghello, em Buenos Aires.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo