Esporte

"É um orgulho poder casá-los", diz juiz do casamento de Messi

30/06/2017 12h55

Rosario (Argentina), 30 jun (EFE).- O juiz Gonzalo Carrillo Herrera, que nesta sexta-feira casará o jogador Lionel Messi e sua noiva, Antonela Roccuzzo, disse que sente orgulho por ser o encarregado de oficializar o matrimônio.

"Soube que casaria Messi há dois meses. Até ontem, quando vazou a informação, ninguém sabia, nem sequer no Registro Civil. (A família de Messi) me pediu discrição", contou Herrera ao canal "Todas Notícias".

"Vai ser algo simples. Digo algumas palavras aos noivos, passamos à parte formal, a leitura da ata e o consentimento deles. Nada mais, algo simples", explicou.

A união civil será no resort City Center Rosario e, após a mesma, o casal e 260 convidados se dirigirão a um salão contíguo onde será realizada a festa.

"O noivo tem três testemunhas e a noiva duas. São os irmãos de cada um deles. É um orgulho poder casar estes personagens", afirmou o juiz.

Herrera também apontou que a família do jogador fez "um pedido especial" para que fosse ele a realizar a união civil.

"Fiz poucos casamentos. Conheci (a família de Messi) por fazer trâmites no registro civil. Eles pediram que eu os casasse", contou o juiz, que revelou que ainda não preparou o que vai dizer aos noivos. EFE.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo