Esporte

Após novo título, Löw diz que Alemanha segue como melhor seleção do mundo

02/07/2017 20h09

São Petersburgo (Rússia), 2 jul (EFE).- O técnico da Alemanha, Joachim Löw, afirmou neste domingo, após vencer o Chile por 1 a 0 e conquistar o título inédito da Copa das Confederações, que sua seleção segue como a "melhor do mundo".

"Arturo Vidal disse que se o Chile ganhasse a final se transformaria na melhor equipe do mundo. Isso significa que a Alemanha segue sendo a melhor equipe do mundo", afirmou Löw em entrevista coletiva após a partida.

Löw disse estar muito orgulhoso dos jogadores convocados por ele, com pouca experiência internacional, terem conseguido vencer uma equipe "muito bom e experimentada" como a do Chile.

"Nós merecemos ganhar o título. Meus jogadores tinham uma grande sede de vitória. Foi uma partida mágica para nós. Hoje, a equipe teve que aguentar muito. Lutamos por cada bola e por cada metro", disse Löw.

O técnico alemão que depois da jogada ruim de Marcelo Díaz aos 20 minutos do primeiro tempo, lance que possibilitou que a Alemanha marcasse o único gol do jogo, pode adotar uma estratégia para privilegiar os contra-ataques.

Além disso, Löw elogiou seus jogadores por saberem "administrar os nervos" depois de os chilenos terem partido com tudo para o ataque no segundo tempo.

"O Chile queria a vitória. Teve mais a bola e boas chances. É uma equipe com jogadores fantásticos. Mas eu tinha a impressão que eles não marcariam, já que estávamos defendendo muito bem", indicou.

Löw ainda afirmou que, apesar de alguns considerarem a Copa das Confederações um torneio meio, considera o título tão importante como outros conquistados em sua carreira, especialmente por ter tido apenas três semanas e meia de trabalho com os jogadores.

No entanto, já projetando a Copa do Mundo de 2018, Löw afirmou que o título de hoje não é "garantia de nada".

"A Alemanha sempre é uma das favoritas. Em qualquer torneio estamos no grupo de candidatos ao título. Mas, para o Mundial, o trabalho começa agora. Ainda temos que superar mais desafios, ainda que a base seja boa. No próximo ano teremos que lutar muito para ficar com o troféu", comentou o atual campeão do mundo.

O técnico também comemorou o fato de ter cumprido seu grande objetivo no torneio. Ao optar por levar um time com jogadores jovens, Löw queria ter alternativas para a seleção principal, uma missão que considerou como cumprida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo