Esporte

Wawrinka cai na estreia em Wimbledon; Murray e Nadal vencem em sets diretos

03/07/2017 18h05

Londres, 3 jul (EFE).- O suíço Stan Wawrinka, terceiro colocado do ranking mundial, foi eliminado logo no primeiro dia de competições nas chaves principais do torneio de Wimbledon ao perder para o russo Daniil Medvedev, enquanto o britânico Andy Murray e o espanhol Rafael Nadal começaram suas campanhas com vitórias.

Wawrinka, quinto cabeça de chave, chegou a Londres em busca do único título de Grand Slam que ainda não tem e com chances de ser o líder do ranking pela primeira vez na carreira, mas foi derrotado por 3 sets a 1, com parciais de 6-4, 3-6, 6-4 e 6-1.

Prejudicado por dores no joelho esquerdo, 'Stanimal' foi derrubado em 2h13min de partida e deixou Wimbledon na primeira rodada pela sexta vez. No ano passado, o suíço caiu na segunda rodada diante do argentino Juan Martín del Potro.

Medvedev, que na semana passada chegou às semifinais do ATP 250 de Eastbourne (Grã-Bretanha), enfrentará agora o belga Ruben Bemelmans, que passou pelo experiente alemão Tommy Haas, semifinalista em 2009.

Os outros dois tenistas que brigam pela liderança do ranking e entraram em quadra nesta segunda venceram sem perder sets. Murray, que continua no topo da lista da ATP e defende o título, bateu o cazaque Alexander Bublick, número 135 do mundo, por 6-1, 6-4 e 6-2, em 1h44min.

O escocês, que pela primeira vez é o cabeça de chave número 1 "em casa", não deu sinais de dores no quadril, problema que o impediu de disputar dois jogos de exibição na semana passada, foi assistido das arquibancadas pela esposa, Kim Sears, grávida do segundo filho do casal. Na segunda rodada, o atual campeão jogará contra o alemão Dustin Brown, que passou pelo português João Sousa.

Nadal, por sua vez, obteve sua melhor vitória em toda a história em Wimbledon ao derrotar o australiano John Millman, 137º colocado do ranking, por 2 a 0, com 6-1, 6-3 e 6-2. O bicampeão precisou de apenas 1h46min para se classificar, com 33 winners e apenas 18 erros não forçados.

O campeão de Roland Garros em simples, terceiro favorito, medirá forças na segunda rodada com o americano Donald Young, um dos vencedores nas duplas no saibro parisiense, que eliminou o uzbeque Denis Istomin.

Foi o 850º triunfo da carreira do 'Touro Miúra', que se tornou o sétimo atleta a atingir esse número, após Jimmy Connors, Roger Federer, Ivan Lendl, Guillermo Vilas, John McEnroe e Andre Agassi.

Entre os outros cabeças de chave, o croata Marin Cilic (7), o francês Jo-Wilfried Tsonga (12), o japonês Kei Nishikori (9), o francês Lucas Pouille (14), o luxemburgues Gilles Müller (16), o espanhol Roberto Bautista Agut (18) os americanos Sam Querrey (24) e Steve Johnson (26), o italiano Fabio Fognini (28) e o russo Karen Khachanov (30) se classificaram.

Por outro lado, o australiano Nick Kyrgios (20), que acusou uma lesão no quadril, o espanhol Fernando Verdasco (31) e o croata Ivo Karlovic (21) deram adeus logo na estreia. Este última perdeu para o britânico Aljaz Bedene mesmo depois de ter feito 44 aces.

Entre os brasileiros, Thiago Monteiro teve pela frente o australiano Andrew Whittington e venceu por 3 a 1 de virada, com 4-6, 6-3, 7-6 (4) e 7-6 (5), avançando para encarar Khachanov.

Já Rogério Dutra Silva até tirou uma parcial do francês Benoit Paire, mas foi eliminado com uma derrota por 3 a 1 6-4, 3-6, 7-6 (10) e 6-4.

Única representante do país na chave feminina, Bia Haddad Maia se tornou a primeira brasileira a vencer em Wimbledon desde 1989 ao passar pela britânica Laura Robson. A próxima adversária da 97ª colocada do ranking da WTA será a romena Simona Halep, segunda cabeça de chave, que eliminou a neozelandesa Marina Erakovic.

Além de Halep, as outras pré-classificadas que avançaram foram a britânica Johanna Konta (6), a ucraniana Elina Svitolina (4), a eslovaca Dominika Cibulkova, a americana Venus Williams (10), a tcheca Petra Kvitova (11), a letã Jelena Ostapenko (13), a russa Elena Vesnina (15), a americana Madison Keys (17), a letã Anastasija Sevastova (18) a francesa Caroline García (21), a tcheca Barbora Strycova (22) a espanhola Carla Suárez Navarro (25), a croata Ana Konjuh (27). Já a croata Mirjana Lucic-Baroni (26) e a italiana Roberta Vinci (31) ficaram pelo caminho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo